De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Revista Exame aponta Rio das Ostras como primeiro lugar em desenvolvimento econômico

Pesquisa de consultoria independente também mostra a cidade como a 5ª melhor para investir.
                                                          Foto: De Olho em Rio das Ostras-RJ
 A Revista Exame desta semana publicou uma pesquisa entre os municípios brasileiros, avaliando 28 indicadores sociais e econômicos. O estudo, exclusivo para a publicação, aponta Rio das Ostras como destaque pelo segundo ano consecutivo. A cidade conquistou o 1º lugar em Desenvolvimento Econômico e a 5ª posição entre as melhores cidades acima de 100 mil habitantes para se investir no Brasil. Rio das Ostras subiu um degrau no ranking do ano passado, quando ficou com a segunda colocação em Desenvolvimento Econômico.
A publicação destacou a atração de novos investimentos privados para Rio das Ostras, como a construção de hotéis e outros empreendimentos, que geram receitas e empregos para os moradores.

                                                                       Divulgação.
“Nesta edição, temos os exemplos das melhores cidades brasileiras para fazer negócios – um ranking exclusivo, elaborado pela consultoria independente Urban Systems, que estamos publicando pela segunda vez”, descreve o editorial da publicação, a mais importante revista de negócios do País.
O estudo destacou as cidades que oferecem o melhor em termos de infraestrutura, capital humano, desenvolvimento social e dinamismo econômico.
“Boa parte das campeãs são cidades do interior, evidenciando mais uma vez que fora do circuito das capitais há um Brasil que continua a surpreender positivamente”, completa o editorial.
                                                           Foto: De Olho em Rio das Ostras-RJ
Na reportagem sobre Rio das Ostras, a Exame destaca a Zona Especial de Negócios – ZEN, criada em 2004, na Gestão anterior do atual prefeito Alcebíades Sabino. A publicação revela que cerca de 50 empresas ainda querem se instalar na ZEN.
A pesquisa também mostrou que o número de empresas que atuam na cidade aumentou expressivamente. “Em dois anos, o número de empresas em atividade cresceu 50%: hoje são 7.800”, descreve a matéria.

                                                       CAMINHO CERTO 
A análise da Exame aponta os investimentos no setor de Turismo como propulsores de desenvolvimento e oportunidades de negócios, atraindo o interesse das redes de hotéis, por exemplo. A publicação calcula que, em cinco anos, a cidade possa expandir em 50% sua rede de hospedagem, por conta do fluxo crescente de turismo de negócios.
A Exame reconhece que a crise econômica, em especial a grave queda nos repasses dos royalties, afeta diretamente o Município. “No primeiro semestre, a receita ficou em R$ 83 milhões, metade do que foi no mesmo período de 2014”, revela a publicação.
Citando as medidas de contenção de gastos da Administração Municipal, que incluiu redução do número de secretarias, e o esforço para aumento da receita própria, a revista diz que a cidade demonstra estar no caminho certo.
“O melhor é que há sinais de que a cidade criou uma base para aguentar o momento difícil”, diz a publicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário