De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Prefeitura de Rio das Ostras obtém na justiça liminar contra a Petrobras


                                                             Zona Zen-Divulgação
 A Prefeitura de Rio das Ostras, por meio da Procuradoria Geral do Município, ajuizou a ação civil pública nº 0010180-41.2015.8.19.0068, no mês de outubro, contra a Petrobras, questionando a legalidade de algumas exigências feitas pela estatal em procedimentos licitatórios para o ramo petrolífero. O alvo da Prefeitura é derrubar as cláusulas que exigem que as empresas contratadas tenham que abrir unidade econômica em Macaé, mesmo que já possuam regular estabelecimento empresarial em Rio das Ostras.

Segundo a Procuradoria do Município, o comportamento da Petrobrás é ilegal. No ramo offshore do petróleo, em que os serviços são prestados em alto mar, o ISS incidente nessas atividades é recolhido na sede do estabelecimento prestador e não no local em que o serviço é prestado, simplesmente porque os municípios não possuem autoridade sobre o alto mar. Assim, não a Petrobras não pode exigir a comprovação do recolhimento do imposto em localidade diferente da sede da empresa contratada. Se a sede da empresa é em Rio das Ostras, a nota fiscal não deve ser emitida por Macaé.

A preocupação da Prefeitura é que as empresas sediadas na Zona Especial de Negócios – ZEN deixem de recolher o ISS em Rio das Ostras e passem a recolhê-lo em Macaé, agravando ainda mais a crise financeira do Município. Para evitar mais um problema aos cofres públicos, a 1ª Vara da Comarca de Rio das Ostras acolheu o pedido da Prefeitura e determinou que a Petrobras suspenda exigências que não tenham amparo na legislação. Segundo o juiz do caso, “tem-se que a exigência feita pela ré afeta de sobremaneira o município autor e viola princípios basilares da economia e da licitação, pelo que a liminar merece acolhimento”.

Caso a Petrobras insista na prática de impor às empresas a abertura de unidade econômica em Macaé, descumprindo a decisão liminar da Justiça, arcará com uma pesada multa de R$ 100 mil e os diretores responsáveis pelo ilícito serão enquadrados em crime de desobediência.

A Administração Municipal de Rio das Ostras recebe a decisão com entusiasmo, porque as dificuldades financeiras enfrentadas vêm sendo combatidas por todos os setores da Prefeitura, com afinco e compromisso público.

Nota: As empresas de Rio das Ostras, como as estabelecidas na Zen, que participarem de licitações da Petrobras não precisam mais recolher ISS por Macaé

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Sesc Oferece Cursos Gratuitos em Parceria com a Prefeitura de Rio das Ostras!

Projeto Saber Comunitário oferece 152 vagas. Inscrições acontecem dia 3, na Secretaria de Bem-Estar Social

Dando continuidade ao fomento da capacitação profissional e colaborando com o aumento da empregabilidade em Rio das Ostras, o Sesc, em parceria com a Prefeitura, vai abrir 152 vagas de cursos gratuitos por meio do “Projeto Saber Comunitário”. As aulas acontecerão entre os dias 9 e 18 de novembro na Escola Municipal Maria Teixeira de Paula, das 18h30 às 21h30. Os interessados devem se inscrever no próximo dia 3, na sede da Secretaria de Bem-Estar Social, das 9h às 16h.

Os cursos são: Dinâmica de Grupo, Comunicação de Projetos Sociais, Cuidador de Idosos e Cuidador de Criança. Para participar dos cursos, o interessado deve ter idade mínima de 16 anos, renda familiar de até três salários mínimos e apresentar original e cópia do CPF, Carteira de Identidade e comprovante de residência.

Capacitar pessoas em cidadania, desenvolvimento comunitário, meio ambiente e gestão em saúde são os objetivos dos cursos, que surgem para atender a uma demanda de formação de empreendedores sociais. Desta forma, os moradores se instrumentalizam para o exercício da gestão social e se fortalecem para as atividades de ação comunitária.

                                                      DINÂMICAS DE GRUPO
Desenvolve competências para utilizar dinâmicas de grupo como ferramenta de mediação em diversos contextos profissionais, compreendendo as principais teorias de grupo e atuando como facilitador para atender as demandas dentro da área de Recursos Humanos.

                                        COMUNICAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS
Realiza oficinas que complementam esforços de apoio e fortalecimentos de iniciativa e projetos sociais. Apresentam as mídias disponíveis, princípios e estratégias de comunicação e seus pontos fortes e fracos.

                                                   CUIDADOR DE IDOSOS
Propõe capacitar familiares e/ou pessoas interessadas em cuidar de idosos com ou sem limitações para atividades da vida diária e suas necessidades e expectativas em relação a aspectos da vida cotidiana, respeitando a individualidade, incentivando a autonomia e independência e estimulando sua capacidade funcional para garantir qualidade de vida.

                                                 CUIDADOR DE CRIANÇA
Capacitar pessoas e/ou familiares a cuidar de crianças com ou sem limitações para atividades da vida diária e suas necessidades e expectativas em relação a aspectos da vida cotidiana, respeitando sua individualidade, incentivando a autonomia e independência e estimulando a capacidade funcional para garantir a capacidade funcional e qualidade de vida.

                                  SOBRE O PROJETO SABER COMUNITÁRIO
O projeto do Sesc destina-se a promover cursos nas áreas de Cidadania, Desenvolvimento Comunitário, Meio Ambiente e Gestão, para o público jovem e adulto, moradores de comunidades populares com renda familiar até 3 salários mínimos. Ao apoiar iniciativas de desenvolvimento e formação dessa parcela da população, o projeto fortalece o capital humano e social das comunidades, fatores fundamentais para transformação de realidades sociais.

Propõe, ainda, a realização de cursos focados em processos de informações essenciais ao exercício da cidadania, a fim de propiciar espaços abertos ao diálogo, com assuntos de interesse à comunidade local, que buscam alternativas para as questões sociais.

Banco de Empregos de Rio das Ostras encaminha para mercado de trabalho

Nesta quarta, dia 28, são oferecidas 168 vagas para todos níveis de escolaridade. 
O Banco de Empregos da Prefeitura de Rio das Ostras atualmente oferece 168 vagas de empregos em diversas áreas. As oportunidades são para ambos os sexos e todos os níveis de escolaridade. 

Desempregada há dois meses, Maria Geiciane da Costa, 24 anos, foi nesta quarta-feira, dia 28, ao Banco de Empregos da Prefeitura de Rio das Ostras para se candidatar à vaga de operadora de caixa. “O Banco tem credibilidade. É um importante canal para obter nova posição profissional. Seus serviços realmente funcionam. Estou muito otimista”, destacou. “Fiz cursos para Assistente Administrativa, Inglês e Informática. Estou me qualificando para o mercado”, completou. 
O jovem Alieu Jagne Júnior, 22 anos, também procurou o Banco de Empregos para concorrer à vaga de auxiliar veterinário. “Gosto de lidar com animais e estou preparado. Precisamos correr atrás e saber que oportunidades estão disponíveis. Já fui indicado para um trabalho por intermédio do Banco de Empregos”, ressaltou.

Estamos captando vagas para os moradores de Rio das Ostras. Este serviço é fundamental, principalmente neste período em que atravessemos uma crise na região. Encaminhamos os candidatos para as entrevistas. Nosso objetivo é atender, da melhor forma, as pessoas que nos procuram. Atualmente oferecemos centenas de vagas”, ressaltou a coordenadora do Banco, Maria do Carmo Teixeira Trilha.
  
                                                                          VAGAS 
 Nesta quarta-feira, dia 28, o Banco de Empregos disponibiliza 168 vagas. São oportunidades para vendedor externo (43), consultor de vendas (10), homem de área (10), professor de Inglês (5), corretor de imóveis (4), confeiteiro (3), ajudante de padeiro (3), motorista de ônibus (2), pintor automotivo (2), designer gráfico (1) e vendedor externo PCD (1), dentre outras.
 
                                                                 DOCUMENTOS
Para concorrer a uma das vagas oferecidas é preciso cadastrar o currículo no Banco de Empregos de Rio das Ostras, que funciona na sala 16 do Centro de Cidadania, na Rua das Casuarinas, 595, no  Âncora.  O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Os interessados devem levar os seguintes documentos: carteira de trabalho, CPF, identidade, comprovante de residência, currículo digitado (impresso), PIS/PASEP ou Cartão Cidadão (caso tenha) e certificado de reservista ou certificado de desobrigação (sexo masculino).

As empresas interessadas devem entrar em contato pelo telefone 
(22) 2771-6413.  A relação de vagas também pode ser consultada no portal da Prefeitura, no endereço http://www.riodasostras.rj.gov.br/banco-de-empregos.html

Revista Exame aponta Rio das Ostras como primeiro lugar em desenvolvimento econômico

Pesquisa de consultoria independente também mostra a cidade como a 5ª melhor para investir.
                                                          Foto: De Olho em Rio das Ostras-RJ
 A Revista Exame desta semana publicou uma pesquisa entre os municípios brasileiros, avaliando 28 indicadores sociais e econômicos. O estudo, exclusivo para a publicação, aponta Rio das Ostras como destaque pelo segundo ano consecutivo. A cidade conquistou o 1º lugar em Desenvolvimento Econômico e a 5ª posição entre as melhores cidades acima de 100 mil habitantes para se investir no Brasil. Rio das Ostras subiu um degrau no ranking do ano passado, quando ficou com a segunda colocação em Desenvolvimento Econômico.
A publicação destacou a atração de novos investimentos privados para Rio das Ostras, como a construção de hotéis e outros empreendimentos, que geram receitas e empregos para os moradores.

                                                                       Divulgação.
“Nesta edição, temos os exemplos das melhores cidades brasileiras para fazer negócios – um ranking exclusivo, elaborado pela consultoria independente Urban Systems, que estamos publicando pela segunda vez”, descreve o editorial da publicação, a mais importante revista de negócios do País.
O estudo destacou as cidades que oferecem o melhor em termos de infraestrutura, capital humano, desenvolvimento social e dinamismo econômico.
“Boa parte das campeãs são cidades do interior, evidenciando mais uma vez que fora do circuito das capitais há um Brasil que continua a surpreender positivamente”, completa o editorial.
                                                           Foto: De Olho em Rio das Ostras-RJ
Na reportagem sobre Rio das Ostras, a Exame destaca a Zona Especial de Negócios – ZEN, criada em 2004, na Gestão anterior do atual prefeito Alcebíades Sabino. A publicação revela que cerca de 50 empresas ainda querem se instalar na ZEN.
A pesquisa também mostrou que o número de empresas que atuam na cidade aumentou expressivamente. “Em dois anos, o número de empresas em atividade cresceu 50%: hoje são 7.800”, descreve a matéria.

                                                       CAMINHO CERTO 
A análise da Exame aponta os investimentos no setor de Turismo como propulsores de desenvolvimento e oportunidades de negócios, atraindo o interesse das redes de hotéis, por exemplo. A publicação calcula que, em cinco anos, a cidade possa expandir em 50% sua rede de hospedagem, por conta do fluxo crescente de turismo de negócios.
A Exame reconhece que a crise econômica, em especial a grave queda nos repasses dos royalties, afeta diretamente o Município. “No primeiro semestre, a receita ficou em R$ 83 milhões, metade do que foi no mesmo período de 2014”, revela a publicação.
Citando as medidas de contenção de gastos da Administração Municipal, que incluiu redução do número de secretarias, e o esforço para aumento da receita própria, a revista diz que a cidade demonstra estar no caminho certo.
“O melhor é que há sinais de que a cidade criou uma base para aguentar o momento difícil”, diz a publicação.

domingo, 25 de outubro de 2015

Rio das Ostras divulga mapa online com pontos de interesse

Mapa atualizado pode ser acessado via internet também por dispositivos móveis


Com apenas 23 anos, Rio das Ostras é uma cidade que não para de crescer. Para manter atualizadas informações sobre nomes dos logradouros da cidade, unidades públicas, atrativos turísticos e outros pontos de interesse, a Secretaria Municipal de Planejamento desenvolveu um mapa online, com foco na acessibilidade e mobilidade urbana. O mapa está acessível por meio do Portal da Prefeitura também via dispositivos móveis.

A ferramenta vai facilitar a identificação dos locais e a movimentação de moradores e turistas pela cidade. As ciclovias do Município também estão demarcadas no mapa.
                                             Milton Teixeira-Divulgação
“Nosso objetivo foi disponibilizar um mapa confiável, atualizado, que pudesse estar acessível de forma simples, via Internet. Hoje em dia, as pessoas utilizam o celular para se localizar e o mapa será de grande ajuda, já que também está disponível para equipamentos móveis”, diz Milton Teixeira, Diretor do Departamento de Informação e Dados.

Ele explica ainda que os sistemas de localização e mapeamento de abrangência mundial, em geral, têm atualização muito lenta e podem conter informações equivocadas e não específicas. Por isso, a importância de um mapa online da cidade, gerido por uma equipe especializada, em um trabalho permanente.

Além de todos os nomes de vias e praças atualizados, o mapa ainda indica as unidades da Administração Municipal, Hospital, Pronto-Socorro, parques, ginásios esportivos, Unidades de Conservação, escolas, creches, entre outros pontos de interesse.

O novo mapa está acessível no link www.riodasostras.rj.gov.br/mapas-municipais.html

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Lagoa de Iriry e Praia do Remanso, em Rio das Ostras, recebem “Bandeira Azul”

                                                                                                Divulgação.
                                                                     Divulgação.
Rio das Ostras obteve uma grande conquista, um reconhecimento à qualidade das políticas ambiental e de turismo do Município. A cidade recebeu a certificação “Bandeira Azul” para a Praia do Remanso e a Lagoa do Iriry, concedida pela instituição internacional FEE - Foundation for Environmental Education (Fundação para Educação Ambiental). Esta é a primeira edição em que uma lagoa recebe a “Bandeira Azul” no Brasil.
A decisão final é tomada por um júri internacional, a partir de critérios como balneabilidade, estrutura de serviços, acessibilidade e respeito ao meio ambiente. No Brasil, o certificado é concedido pelo Instituto Ambiente em Rede. 
De acordo com Carla Ennes, secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Rio das Ostras, “a certificação internacional Bandeira Azul atesta a balneabilidade de nossas praias e o conforto oferecidos a turistas e moradores, confirmando o caminho certo que tomamos no que diz respeito aos cuidados com nossos atrativos naturais", disse a secretária.
Antes, os locais já haviam sido avaliados pelo júri nacional, formado por representantes dos Ministérios do Turismo e do Meio Ambiente, da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, SOS Mata Atlântica e Instituto Ambientes em Rede.
Além da Lagoa de Iriry, a Lagoa do Peri, em Florianópolis, foi a outra agraciada com a certificação na temporada 2015/2016.
Os outros três locais no Brasil que receberam a certificação pela primeira vez foram as praias de Palmas (Governador Celso Ramos, SC) e de Ponta de Nossa Senhora do Guadalupe (Salvador, BA). Também foram renovadas as certificação de praias e marinas brasileiras que já possuembandeiras hasteadas.
JURI - O Júri Internacional do Programa Bandeira Azul é composto pela United Nations Environment Programme (UNEP), United Nations World Tourism Organization (UNWTO), International Lifesaving Federation (ILS), European Environment Agency (EEA), European Union for Coastal Conservation (EUCC), International Union for Conservation of Nature (IUCN), Environmental Education Expert, International Council of Marine Industry Associations (ICOMIA) e Foundation for Environmental Education (FEE).
BANDEIRA AZUL - Essa é uma distinção atribuída anualmente pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE) a praias (marítimas e fluviais) e marinas que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infraestrutura de apoio, informação e sensibilização ambiental.
As praias e marinas escolhidas ficam autorizadas a ostentar a Bandeira Azul durante a temporada. Pode, portanto, ser considerada um símbolo de garantia de qualidade de uma praia ou marina.

PRAIAS E MARINAS CERTIFICADAS – TEMPORADA 2015/2016
Praia do Remanso – Rio das Ostras, RJ
Lagoa do Iriry – Rio das Ostras, RJ


Praia do Tombo – Guarujá, SP
Prainha – Rio de Janeiro, RJ
Praia de Palmas – Governador Celso Ramos, SC
Lagoa do Peri – Florianópolis, SC
Praia de Ponta de Nossa Senhora do Guadalupe – Salvador, BA
Marina Costabella – Angra dos Reis, RJ
Marinas Nacionais – Guarujá, SP

Praias em projeto piloto:
Praia Grande – Governador Celso Ramos, SC
Itacoatiara – Niterói, RJ
Sossego – Niterói, RJ
Praia de Areia Vermelha – Cabeledo, PB

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Banco de Empregos de Rio das Ostras oferece 178 vagas!


O Banco de Empregos da Prefeitura de Rio das Ostras atualmente oferece 178 vagas de empregos em diversas áreas. As oportunidades são para ambos os sexos e todos os níveis de escolaridade. 

Nesta quarta, dia 21, o Banco de Empregos disponibiliza oportunidades para vendedor externo (45), consultor de vendas (10), homem de área (10), motorista (7), garçom (6), professor de inglês (5), corretor de imóveis (4), confeiteiro (3), acabador em mármore (2), motoboy (2) e vendedor externo PCD (1), dentre outras vagas.
 
                                                      CURSOS DE QUALIFICAÇÃO 
 O Banco de Empregos também divulga informações sobre os cursos de qualificação profissional promovidos pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Ciência, Tecnologia e Inovação, além de programas da Secretaria de Bem-Estar Social da Prefeitura, como o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - Pronatec.

No local também são realizadas palestras e processos seletivos de diversas empresas da região.

                                                                      DOCUMENTOS 
 Para concorrer a uma das vagas oferecidas é preciso cadastrar o currículo no Banco de Empregos de Rio das Ostras, que funciona na sala 16 do Centro de Cidadania, na Rua das Casuarinas, 595, no  Âncora.  O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Os interessados devem levar os seguintes documentos: carteira de trabalho, CPF, identidade, comprovante de residência, currículo digitado (impresso), PIS/PASESP ou Cartão Cidadão (caso tenha) e certificado de reservista ou certificado de desobrigação (sexo masculino).

As empresas interessadas devem entrar em contato pelo telefone  
(22) 2771-6413.  A relação de vagas também pode ser consultada no portal da Prefeitura, no endereço http://www.riodasostras.rj.gov.br/banco-de-empregos.html

domingo, 18 de outubro de 2015

Rio das Ostras Promoveu a IX Conferência de Meio Ambiente

A Secretaria do Ambiente, Sustentabilidade, Agricultura e Pesca de Rio das Ostras promoveu neste sábado, 17 a IX Conferência Municipal do Meio Ambiente. No encontro, que aconteceu no Colégio Municipal Professora América Abdalla, em Nova Esperança serviu para definir as diretrizes das Políticas Públicas voltadas para o Meio Ambiente nos próximos anos e eleger a grade do Conselho Municipal do Meio Ambiente no mesmo período.
A sociedade Civil organizada e a comunidade em geral tiveram a oportunidade de elaborar propostas para os três eixos temáticos da Conferência: Bacias Hidrográficas, Envolvimento da Sociedade -Meio Ambiente; e Modelo de Desenvolvimento Econômico

Para à solenidade de abertura da conferência foram convidadas para ocupar a Mesa de Honra as seguintes personalidades: Sra. Mônica Linhares, assessora de planejamento  e controle da Secretaria de Meio Ambiente; Edgar Alves da Rocha, Assessor do departamento de agricultura e pesca;  Maurício Mussi, professor adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Carla Ennes, Secretária municipal de desenvolvimento econômico e turismo; Marcel Ferreira, subsecretário de ambiente, sustentabilidade, agricultura e pesca; Nivaldo Talon, secretário de ambiente, sustentabilidade, agricultura e pesca e o Prefeito Sabino.

Comparecem também à IX Conferência: O secretário de Obras Wayner Fajardo; O secretário de segurança, Paulo César Viana; A secretária de ciência, tecnologia e inovação, Eronei Leite; os subsecretários de educação senhora Dalva Fragoso e de Transportes e acessibilidade Urbana João Francisco além de representantes de associações de moradores, sociedade civil organizada, funcionários públicos e pessoas interessadas de um modo geral preocupadas em preservar o meio ambiente.

Logo após a solenidade de abertura foi feita a leitura e aprovação do regimento interno e ao longo do dia foram abordados os três eixos principais do encontro, que são: Bacias Hidrográficas; Envolvimento da Sociedade – Meu Ambiente; e, por fim, Modelo de Desenvolvimento Econômico.
                                         
                                         PALESTRAS E MESA REDONDA 
Foram realizadas duas palestras na sequencia da conferência sobre o tema:  “Bacias Hidrográficas”, com Maurício Mussi; e em seguida  Vanessa Schottz. proferiu a palestra  “Envolvimento da Sociedade – Meu Ambiente”. 
Em seguida teve início uma Mesa Redonda sobre Modelo de Desenvolvimento Econômico, com Rafael Costa e a Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Rio das Ostras, Carla Ennes seguido de debates até a pausa para o almoço onde os participantes 
se reuniram em grupos de trabalho para aprovação dos relatórios.

Para o Secretário Municipal do Ambiente, Nivaldo Talon, as conferências servem como mecanismos de participação e controle social fortalecendo a cidadania sobre tudo no que diz respeito ao ambiente.

Nivaldo Talon falou com o "De Olho em Rio das Ostras" sobre os principais assuntos tratados na  IX Conferência Municipal de Meio Ambiente:
O prefeito Sabino chamou a atenção pra diversos pontos que preocupam a cidade de Rio das Ostras como a preservação do precioso líquido e áreas de preservação ambiental:

"Para equacionar a questão do abastecimento é preciso garantir a perenidade dos recursos hidros, garantir a perenidade desses rios que não estejam poluídos, contaminados e que essa água possa merecer um tratamento para o consumo, essa é uma questão hoje vital e essencial".

"Os grandes estudiosos e todos voces que estão aqui porque com certeza amam o meio ambiente, amam o planeta e mama o ser humano estão estudando essas questões gravíssima principalmente no sudeste brasileiro em que São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais estão com mais problemas de abastecimento do que o nordeste do Brasil, as fontes de abastecimento de São Paulo em estado crítico do Rio de Janeiro em estado crítico".

"precisamos trabalhar isso com a sociedade porque a outra ponta do outro lado quer o desperdício e quando voce tem a água que é um produto caríssimo e nobilíssimo e vai varrer calçada, lavar carros com o líquido extremamente precioso. Precisamos educar essas pessoas para termos um consumo de água mais consciente". 

"A reserva de Itapebussus de grande importância para a nossa cidade pertence a um cidadão de Macaé e isso é uma questão que precisamos resolver essa questão e transformar aquela que é o coração de Rio das ostras em patrimônio público porque não tem o menor cabimento que venhamos a perder Itapebussus".

Ao "De Olho em Rio das Ostras o Prefeito Sabino falou da importância de se discutir as questões ambientais em Rio das Ostras:



Entre as deliberações também estão ações para incentivar a coleta seletiva e implantação de empresa de reciclagem no Município, por meio de cadastramento de ONGs e cooperativas de reciclagem. Foram propostas novas campanhas de conscientização e celebração de parceria com os órgãos licenciadores estaduais e federais, objetivando que as medidas compensatórias e a demarcação de reserva legal, definidas pelo licenciamento no Inea e Ibama, sejam aplicadas no território do Município.

                                                              NOVO CONSELHO 
 As entidades que farão parte do novo Conselho do Meio de Ambiente são as instituições técnicas: Emater-Rio, Reserva Biológica União, Consórcio Intermunicipal Lagos São João e o Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio Ambiental de Macaé/UFRJ. Pela sociedade civil: Associação de Moradores de Costazul, Associação de Moradores de Casa Grande e Peroba, Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Associação Meio Ambiente, Respeito e Esporte - MARE, Associação de Moradores da Enseada das Gaivotas, ONG TEMA - Instituto Trilhas e Estudos no Meio Ambiente, Núcleo de Educação Ambiental da Bacia de Campos e Associação Brasileira de Usuários de medicina e Terapias Holísticas e do Meio Ambiente.

Os interessados em obter mais informações sobre a Conferência podem ligar para o telefone (22) 2771-6419, ou então procurar a Secretaria do Ambiente, que fica localizada no Parque dos Pássaros, na Rua Petrópolis, s/n, Jardim Mariléa. 

sábado, 17 de outubro de 2015

Rio das Ostras faz pesquisa entre passageiros para melhorar transporte


A Secretaria  de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana de Rio das Ostras deu início nesta sexta-feira, 16, a uma pesquisa junto aos passageiros de vans e ônibus que circulam pela cidade. O objetivo é traçar o perfil e as demandas do público que utiliza o transporte no Município para servir de base a propostas de políticas públicas para o setor.

Cerca de 30 profissionais estarão envolvidos com o levantamento desses dados, que incluem a identificação da origem e destino dos passageiros. A pesquisa de campo deve durar uma semana e a expectativa é de que mais de 5 mil pessoas sejam ouvidas, entre as 18 linhas oferecidas, nos mais diversos horários.

“Com essas informações poderemos identificar se há itinerários que precisam ser revistos e se há necessidade de implantação de novas linhas. O resultado da pesquisa permitirá à Administração Pública traçar políticas para os próximos 20 anos, conforme prevê o Plano Municipal de Mobilidade Urbana”, explicou o secretário Municipal de Transportes Públicos, Edson Luiz Pereira.

A pesquisa vai permitir à Secretaria  identificar pontos de maior fluxo e demanda. Vai ainda contribuir para que sejam definidas as contrapartidas construtivas que vão beneficiar os passageiros, reduzindo tempo e melhorando o conforto.

O levantamento servirá também como base para a produção do edital de licitação de transporte público no Município, atendendo à exigência da legislação federal.

O secretário destaca a importância da colaboração dos passageiros na resposta aos questionários. Os permissionários do Subsistema de Transportes e a empresa de ônibus que atua na cidade também devem colaborar para que o trabalho dos pesquisadores seja realizado de forma plena. 

Prefeitura de Rio das Ostras limpa redes e canais para evitar enchentes

  Antecipando-se ao período de fortes chuvas, a Prefeitura de Rio das Ostras está intensificando o trabalho de limpeza e desobstrução das redes de águas pluviais. Nesta fase, equipes da Secretaria de Serviços Públicos estão atuando em mais de 50 ruas do Centro, Parque Zabulão, Nova Cidade, Extensão do Bosque, Recreio, Costazul, entre outras localidades.
Magno da Mata-Secretário de Serviços Públicos-Foto:De Olho em Rio das Ostras-RJ.
Também será feita a limpeza do Canal de Medeiros, ao longo dos seus mais de 3 mil metros de extensão, entre Palmital e Extensão do Bosque, a partir da próxima semana.
 “A quantidade de areia e folhas que se acumula nas redes de drenagem é muito grande. Além disso, infelizmente, ainda é comum o hábito de utilizar a calçada para misturar massa de concreto para obras nas residências. Esse material escoa e se acumula nas caixas-ralos”, disse o secretário de Serviços Públicos, Magno da Mata. Lembrando à população que não é permitido o uso da calçada para esse fim.
 Jozia Rodrigues Vidal, morador da Rua Flamengo desde 1993, no Centro, opina que o trabalho preventivo é de suma importância para evitar  alagamentos durante as chuvas de Verão.

“Já sofremos com alagamentos e para evitar, prejuízos tivemos até que utilizar comportas no portão”, contou.
 A moradora Merizete Fenandes lembrou a responsabilidade de cada morador para evitar enchentes.
 “As pessoas também precisam contribuir não jogando lixo na rua. Não adianta a Prefeitura limpar e os moradores não colaborarem. Quem acaba pagando a conta somos nós, quando sofremos com os alagamentos” concluiu.

                                                LIMPEZA 
 Equipes da Secretária de Obras também trabalham nesta semana na retirada de entulhos no Terra Firme. Só nos primeiros dias foram retiradas cerca de 12 toneladas. O serviço continua na próxima semana na localidade.

A Prefeitura lembra que a coleta de lixo doméstico está sendo feita regularmente e que recolhe, gratuitamente, entulhos (restos de obras) desde que o volume não exceda 3 m3. O telefone para agendamento é o 2771-6420.

Depositar qualquer tipo de lixo em ruas, terrenos e áreas públicas pode resultar em multa para o infrator. 

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Rio das Ostras usa tecnologia inovadora para melhorar gestão pública

 Melhorar a gestão pública pelo acesso à informação. Este é o objetivo de Rio das Ostras, que firmou convênio com o Ceperj (Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro), para utilização de um aplicativo inovador. A ferramenta auxilia no manuseio de dados estatísticos em órgãos públicos.

Nesta primeira fase, além de Rio das Ostras, outros 10 municípios fluminenses aderiram ao aplicativo, que dissemina informações socioeconômicas sobre as cidades. O sistema é composto de um banco de dados dinâmico, que permite realizar busca de variáveis por unidades geográficas e período de abrangência.

As variáveis e os indicadores apresentados englobam dados sobre agropecuária, educação, saúde, infraestrutura, economia, caracterização do território, assistência social, dados eleitorais, dentre outras áreas fundamentais para a Administração Pública. As informações apresentadas são oriundas de diversas fontes oficiais, como IBGE, Secretarias de Estado e Ministérios.                                                 
                                                      TRANSPARÊNCIA 

 Em reunião com os técnicos do Ceperj na sede da Prefeitura, no último dia 5, o prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino, elogiou a agilidade do aplicativo e entende que vai contribuir para a política de transparência promovida pelo Município.

“Rio das Ostras produz uma gama enorme de informações e precisamos gerir o conhecimento. Não adianta termos estatísticas frias, isoladas. Precisamos articular estas informações para melhor atender à população. Com este aplicativo do Ceperj, iremos melhorar a gestão pública no Município”, enfatizou.

Para o Prefeito, os técnicos da Prefeitura precisam articular e analisar essas informações constantemente. “Para modernizar a gestão, os servidores devem inserir esses dados em um único portal, ou seja, em uma única base de dados. Isso significa mais transparência e economia, uma relação mais dinâmica e planejada entre o poder público e a sociedade civil”, completou.

“Hoje é cada vez mais expressiva, nos municípios brasileiros, uma nova cultura que passa a compreender a informação como insumo fundamental em todas as esferas da sociedade. Com informações articuladas e padronizadas, os gestores públicos podem promover, com segurança, o planejamento em seus estados e municípios. Acredito no geoprocessamento para servir à população”, destacou Raulino Oliveira, diretor do Ceperj.

De acordo com o Coordenador de Geociências do Ceperj, Marcos Antônio Santos, o aplicativo desenvolvido permite ao gestor público acessar e articular, com facilidade, informações de diversas áreas da Administração Pública. “Estamos criando os tutoriais do aplicativo. Vamos realizar um seminário nos 11 municípios que já aderiram a esta ferramenta”, ressaltou.

De acordo com a Secretária de Inovação, Ciência e Inovação de Rio das Ostras, Eronei Leite, nos próximos meses técnicos de diversas secretarias de Rio das Ostras serão treinados para utilizar o aplicativo. “O convênio já foi assinado. Com certeza vamos reproduzir o conhecimento adquirido nos cursos oferecidos pelo Ceperj”, ressaltou.


                 BOX - NÚCLEO MUNICIPAL DE INFORMAÇÕES

Além do aplicativo que apresenta informações socioeconômicas, o Ceperj fornece apoio estratégico aos municípios para estruturação e operacionalização dos Núcleos Municipais de Informações (NMIs). 

Onze prefeituras já aderiram à primeira fase projeto: Angra dos Reis, Belford Roxo, Duque de Caxias, Cachoeiras de Macacu, Magé, Nova Iguaçu, Pinheiral, Piraí, Rio Bonito, Rio das Ostras e São João da Barra.

Estes municípios recebem visitas de técnicos do Ceperj e participam de oficinas de trabalho e seminários realizados na instituição. Os Núcleos são centros de referência municipais sobre informações e geoprocessamento. São responsáveis pela gestão e disseminação de informações que retratam os respectivos municípios e pela divulgação e apoio a outros órgãos municipais na utilização das geotecnologias.