De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

A Construtora Odebrecht e o Banco do Brasil Bloquearam Parcela dos Royalties de Rio das Ostras.


O município de Rio das Ostras foi surpreendido com bloqueio de R$ 16.359.390,32 milhões de reais, cerca de 92% da parcela de Royalties recebida no último dia 10 de fevereiro, para recomposição do fundo garantidor da Parceria Público-Privado firmada com a empresa Odebrecht no ano de 2007. A investida contra os recursos públicos que seriam utilizados para cumprir obrigações urgentes da municipalidade,  é decorrente de ato unilateral e não autorizado praticado pelo Banco do Brasil, instituição financeira que é gestora do fundo da PPP. O bloqueio feito pelo Banco do Brasil nas contas do município, que em princípio teria por objetivo recompor o fundo garantidor da PPP, prejudica diretamente a capacidade de investimento da prefeitura, já afetada com as sucessivas perdas nos repasses de royalties de petróleo, e ainda o cumprimento de obrigações voltadas ao funcionamento adequado dos serviços essenciais de saúde, educação e segurança pública. A medida adotada pela instituição financeira, após severa pressão da empreiteira Odebrecht, na ótica dos técnicos da Administração, revela a inviabilidade do modelo implantado com a assinatura do contrato no ano de 2007 e impõe, na atual conjuntura, a adoção de medidas para fazer cessar a ocorrência de eventos como esse, que são contrários ao interesse público. Na perspectiva do governo municipal não há justificativa que ampare o bloqueio feito pelo Banco do Brasil, o que inviabiliza a manutenção da relação com esta instituição. Se a Parceria Público-Privada de Rio das Ostras já colecionava uma série de fatos relevantes contrários à sua manutenção, o desautorizado bloqueio a pedido da empreiteira acelerou a tomada de decisões da Administração tanto em relação ao contrato e a sua viabilidade, quanto em relação ao Banco do Brasil, instituição que vem gerindo o fundo garantidor da PPP. Tudo indica que, nos próximos dias, uma série de medidas administrativas e judiciais serão apresentadas, com o objetivo de aliviar o município da obrigação mensal assumida com a assinatura da PPP, possibilitando o reequilíbrio das finanças, a recuperação da capacidade de investimento e a manutenção do adequado atendimento ao cidadão nas áreas de saúde, educação, bem-estar, meio ambiente, segurança pública e demais serviços públicos.



Organização e Muita Alegria Marcaram o Carnaval da Família de Rio das Ostras.


 Com o Tema “Carnavais Antigos” e ao som de marchinhas como: “ Ô Abre alas que eu quero passar” Rio das Ostras abriu oficialmente o Carnaval 2015 na manhã deste sábado dia 14,  onde o sol se fez convidado e alegrou ainda mais o povo riostrense e turistas que se misturaram num bloco único onde prevaleceu a alegria e harmonia.

O Bloco responsável de abrir as comemorações dos festejos Do Rei Momo foi o Bloquete que desfilou na orla do Centro, seguido do Cara de Leão e depois foi a vez do já tradicional Bloco do Feliz Idade formado por idosos do Programa de Bem Estar Social que todos os anos vem encantando a todos pela disposição, vitalidade e alegria dos seus participantes que em sua maioria já passa dos sessenta anos e tem como Porta Bandeira a senhora Florisbela Lessa que com seus 102 anos é um destaque do Carnaval de Rio das Ostras.
Como sempre acontece nos desfiles do Feliz Idade é a inevitável a presença do Prefeito Sabino e a Primeira Dama Rose dos Santos, Secretária de Bem Estar Social que acompanharam o ritmo intenso  dos idosos que espalharam alegria na passarela, a orla do centro  que teve ainda o Boi Bumbá e quem encerrou o desfile de blocos no centro foi o queridinho de Rio das Ostras o Siri com Cãimbra.

O Carnaval tomou conta da cidade e na Orla da Costazul quem abriu o desfile foi o tradicional Pescoço de Peru seguido do Bloco do Barata que desfilou ao cair da tarde no belo cenário da orla e por volta das 20 horas encerrando a  participação  dos blocos no primeiro de folia  foi a vez do Bloco Universitários.
Estes e outros blocos desfilaram continuaram seus desfiles nos outros dias deste harmonioso Carnaval de Rio das Ostras.

Ao final dos desfiles dos blocos quem sempre entrava em cena era o já famoso “Bloco da Limpeza” da Prefeitura que se encarregou de deixar tudo limpinho, com seus carrinhos, vassouras os trabalhadores que ultrapassava 500 pessoas deram conta do recado deixando a cidade sempre limpa.

O ponto alto dos bailes do Carnaval de Rio das Ostras aconteceu na Tenda Beira-Rio, montada pela Revolution uma das maiores empresas de evento do Brasil que possui o seu escritório em Rio das Ostras e tem sido responsável por grandes eventos culturais na cidade.
A estrutura bem cuidada e o piso que permitiram que cadeirantes, pessoas com mobilidade reduzida e idosos pudessem curtir os bailes fizeram a diferença.
 A decoração inspirada nos antigos carnavais criou um clima mágico, que transportava o público através do tempo. Os artistas de Fundação de Cultura, lindamente fantasiados, completavam o cenário.


A Tenda Beira Rio que já conquistou o público riostrense foi uma das responsáveis por boa parte do sucesso do carnaval de Rio das Ostras com seus bailes para adultos e crianças voltados para a família e com entrada franca e ao som de muitas marchinhas e canções que marcaram a folia do Brasil proporcionaram uma ótima oportunidade para se curtir e aproveitar um  Carnaval numa clima de paz e descontração.  
Na matinê, crianças e adolescentes se divertiram com pais e amigos.
À noite, a Tenda virou um grande salão de baile, a orquestra Cuba Libre levantou a galera e a festa invadiu a madrugada.
A Prefeitura de Rio das Ostras levando em conta as dificuldades de locomoção  dos moradores de Cantagalo e Rocha Leão para aproveitarem o carnaval no Centro da cidade  promoveu bailes locais, em Cantagalo  foi no sábado, 14; e domingo,15, das 18h às 24h; e Rocha Leão foi no domingo, dia 15, e segunda, 16, das 19h às 24h. Muitas marchinhas e canções na programação.
Uma excelente oportunidade para aproveitar a folia junto à família e aos amigos.
Em termos de Segurança a estrutura criada pela Prefeitura da cidade de Rio das Ostras proporcionou aos moradores e visitantes um “Carnaval da Família” uma marca registrada do município, com equipes da Guarda Municipal de Rio das Ostras e da Polícia Militar com mais de 200 homens reforçaram a segurança dos foliões nas orlas do Centro e Costazul durante os dias de Carnaval o que garantiu a tranquilidade dos foliões.

Com relação ao esquema de especial de saúde montado pela Prefeitura incluíram postos instalados junto aos locais da festa, para garantir o atendimento e dando a tranquilidade necessária aos foliões.
Para isso foram montados pontos de pronto-atendimento, com médico e enfermagem, no Centro e em Costazul, além de ambulâncias na Tenda Beira-Rio, em Cantagalo e Rocha Leão, onde aconteceram bailes. O serviço de Resgate também foi reforçado com o objetivo de manter a tranquilidade dos festejos sem ocorrências graves, com uma média inferior a 20 atendimentos por dia em cada ponto, um  número considerado baixo pela equipe.
A secretaria de Saúde ainda distribuiu quase 200 mil preservativos aos foliões, além de material informativo sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis -DST/AIDS e tatuagens provisórias com mensagens de incentivo à prevenção.

Durante o Carnaval, a Prefeitura intensificou a distribuição de pulseiras de identificação para as crianças, para evitar como é comum a garotada se perder dos pais principalmente durante a folia. Foram 100 mil pulseiras, que já começaram a ser entregues desde o início da alta temporada e reforçada durante o carnaval.
Na pulseira contém os nomes da criança e do responsável e um telefone para contato.
 As pulseirinhas continuam sendo entregues e estão disponíveis também nos quiosques e pousadas.

As equipes de limpeza trabalharam muito neste Carnaval para garantir que as ruas e praias estivessem limpinhas para os foliões e banhistas, o trabalho começava cedo, às 3h. Nesse período, foram coletadas mais de 560 toneladas de lixo domiciliar, quase 90 toneladas de resíduos nas praias e 41,5 toneladas de lixo de varrição.
Para contribuir com a limpeza, a prefeitura distribuiu 60 mil sacolinhas oxi-biodegradáveis aos banhistas e foliões durante o Carnaval. Esse material se decompõe mais rápido que o plástico comum no ambiente.

O Carnaval é um dos períodos em que Rio das Ostras mais recebe turistas. Por isso, a Prefeitura deu continuidade à pesquisa realizada com o apoio técnico da Fundação Getúlio Vargas (FGV), para avaliar o perfil do turista, excursionista e veranista que frequentam o município durante os dias de folia. Com base nos dados, a FGV dará continuidade à elaboração do Plano de Desenvolvimento Turístico que balizará as ações do município nos próximos anos.

Fazem parte do questionário perguntas do tipo “Por que escolheu Rio das Ostras para passear no Carnaval?” e “Qual a imagem que ficou sobre Rio das Ostras?”. O objetivo é identificar o porquê da preferência dos visitantes pela cidade neste período, se a opção se deve às praias ou à programação carnavalesca. A pesquisa também avalia o impacto econômico e os serviços utilizados pelos visitantes.

A pesquisa também pretende verificar se o turista frequenta a cidade apenas no Verão ou em outras épocas ou grandes eventos, como o Ostrascycle e Rio das Ostras Jazz & Blues Festival. 

Apesar da das dificuldades que o município atravessa com a redução dos royalties do Petróleo a cidade de Rio das Ostras pode proporcionar um dos melhores e mais tranquilos carnavais da região onde o índice de violência foi um dos mais baixos de todos os tempos.

De parabéns estão a Prefeitura de Rio das Ostras, a população e os turistas que escolheram o município para brincar um “Carnaval à Moda Antiga” com seus familiares e com a população da cidade que acolhe os seus filhos e os que a ela se dirigem.


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Rio das Ostras se prepara para o Carnaval 2015


Rio das Ostras espera receber cerca de 200 mil visitantes para os festejos de Momo. Para que o Carnaval seja só alegria, a Prefeitura já preparou um esquema especial de serviços de saúde, segurança, transporte público, trânsito e montou a estrutura para receber os foliões nas orlas e na Tenda do Beira-Rio.

Para se antecipar a possíveis problemas para moradores e turistas, o Município enviou ofícios às concessionárias de energia e de abastecimento de água cobrando medidas preventivas para garantir a qualidade dos serviços diante do aumento da demanda nesse período. A Capitania dos Portos também foi informada quanto à necessidade de maior fiscalização do tráfego de embarcações nas praias para segurança dos banhistas.


SAÚDE - Durante os festejos, haverá três pontos de pronto-atendimento para apoio ao serviço de emergência do Pronto-Socorro e Hospital Municipal. Serão duas tendas de atendimento, com equipe médica e de enfermagem, uma na Praça São Pedro, no Centro; e outra, em Costazul, no final da Avenida Roberto Silveira. Na Tenda Beira-Rio haverá ambulância, assim como em Rocha Leão e Cantagalo, com médico e enfermagem.

Nas tendas de pronto-atendimento haverá distribuição de preservativos. As equipes também vão distribuir as camisinhas nos blocos das orlas do Centro e Costazul.


TRANSPORTE- Por orientação da Secretaria de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana os permissionários das vans vão reduzir os intervalos entre os carros das linhas durante o Carnaval. A empresa de ônibus que atende o Município terá um reforço de mais 30 coletivos, que vão circular 24 horas.

SEGURANÇA - Para garantir a tranquilidade da festa, o Município conta com mais de 200 homens no patrulhamento das vias. A Polícia Militar vai atuar com 130 policiais, além de mais viaturas e motos. Os guardas municipais também vão orientar os foliões quanto ao fechamento das ruas e avenidas, evitando congestionamentos. A GM também estará presente nos trailers na Praça da Baleia e no Centro, com plantão diário de 24 horas, a partir de sexta-feira, dia 13, até a quarta-feira, 18.


CEDAE - O gerente  regional da Cedae, Fernando Arruda, apresentou ao prefeito Alcebíades Sabino medidas preventivas que a concessionária vem tomando para garantir o abastecimento de água em Rio das Ostras no período de Carnaval. Entre as ações apresentadas estão a limpeza do sistema de captação, que estava prejudicado, devido à grande quantidade de areia acumulada, além da instalação de geradores de energia, que vão garantir a operação de quatro bombas.

Durante o Carnaval, a concessionária montou um plantão das 8h às 14h, no domingo e na terça-feira, e no sábado, das  8h às 16h. Durante o expediente regular, os consumidores devem utilizar o telefone 2771-1513 e após o horário comercial, o 0800-282195.


ENERGIA - O Município também enviou ofício à concessionária Ampla cobrando providências urgentes para garantir a regularização do fornecimento de energia aos imóveis de moradores, comerciantes e prédios públicos municipais. Recentemente, o Hospital Municipal e o Pronto Socorro sofreram com quedas e variações no fornecimento, afetando seriamente o atendimento à população riostrense.
-- 



Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo
(22) 2771-6550
(22) 2771-6642
www.riodasostras.rj.gov.br



"Antes de imprimir pense em seu compromisso com o Meio Ambiente."

Antigos Carnavais é o Tema do Carnaval de Rio das Ostras 2015



                                         Fotos:De Olho em Rio das Ostras



Os foliões já estão ansiosos para o Carnaval de Rio das Ostras, que escolheu “Antigos Carnavais” como tema da festa para 2015. No momento em que o município sofre os impactos da perda do repasse dos royalties, a Administração Municipal reduziu os custos e optou por uma programação voltada para as famílias, com matinês, bailes noturnos e desfiles de blocos.











Grande parte da programação ficará concentrada na tenda, que está sendo montada na Beira-Rio, onde acontecerão quatro matinês e bailes noturnos com entrada franca. Os blocos desfilam nas orlas do Centro e Costazul, com o apoio de uma marca de cerveja, que patrocinará os trios elétricos. Em Cantagalo e Rocha Leão, haverá bailes noturnos.



Para o Município, datas como o Carnaval são importantes para geração de emprego e renda. A expectativa é de receber até 200 mil pessoas, e há 10 dias da festa a taxa de ocupação nas pousadas e hotéis chega a 70%.

Segundo pesquisas realizadas pela Secretaria de Turismo com apoio do Rio das Ostras Convention & Visitors Bureau e a Fundação Getúlio Vargas - FGV, a folia injetou mais de R$ 19 milhões na economia da cidade em 2014.

“O turismo faz com que o dinheiro circule, desde o ambulante até o empresário da rede hoteleira e de gastronomia. Para o turismo as datas comemorativas e eventos são importantes para movimentar a atividade”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carla Ennes.

 Para garantir a tranquilidade da festa, o Município mantém a parceria com as polícias. Ao todo, 200 homens, entre PMs e guardas municipais vão atuar nas ruas da cidade durante o Carnaval, reforçando a segurança. A PM também vai coibir o excesso de som alto nos carros. A GM também contará com as bases no Praiamar, Enseada, Praça da Baleia e Centro, com plantão diário de 24 horas.

As matinês vão acontecer de sábado a terça no mesmo espaço dos bailes noturnos, na Beira Rio, próximo à ponte de madeira, das 17h às 20h. Para garantir a segurança e tranquilidade dos pais, a equipe da Secretaria de Turismo identificará todas as crianças com pulseirinhas, onde constarão nome do menor, do responsável e telefone de contato.

Artistas da Fundação de Cultura darão um brilho especial à festa da criançada, com brincadeiras.

Os bailes noturnos começarão às 22h30 com muitas marchinhas carnavalescas e canções que marcaram a folia do Brasil, entre as escolas de samba e as micaretas baianas.

Em 2015, moradores de Cantagalo e Rocha Leão não precisarão se deslocar para aproveitar a folia. As localidades também terão bailes em dois dias: Cantagalo no sábado, 14, e domingo,15, das 18h às 24h; e Rocha Leão no domingo, 15, e segunda, 16, das 19h às 24h.

 Cerca de 15 blocos, já tradicionais na cidade, estão previstos para desfilar nas orlas do Centro e Costazul. A Lagoa do Iriry será outro espaço aberto para a folia este ano, com desfiles de blocos na segunda, 16, e terça, 17, a partir das 13h.

 Para garantir uma folia de paz e segurança, representantes de diferentes secretarias da Prefeitura e da Polícia Militar se reuniram nesta quarta, 4, para apresentar as estratégias dos serviços prestados durante o Carnaval. Postos Médicos, segurança, fiscalização e fechamento de vias públicas foram alguns dos assuntos discutidos. 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DOS BLOCOS

CENTRO

Sábado – 14/02
9h – Bloquete
11h – Bloco Cara de Leão
14h – Bloco da Feliz Idade – Secretaria de Bem-Estar Social
17h – Boi Bumbá
19h30 – Siri com Cãibra

Domingo – 15/02

12h – Bloco do Sandro Bailarino
15h – Bloco da Melhor Idade – Secretaria de Esporte e Lazer
18h – Bloco dos Amigos
19h30 – Siri com Cãibra

Segunda – 16/02
13h30 - Blocrente
16h – Bloco dos Amigos
19h30 – Siri com Cãibra

Terça – 17/02
12h - Bloco Saideira
14h30 – Bloquete
17h – Boi Bumbá
19h30 – Bloco do Sandro Bailarino

COSTAZUL

Sábado – 14/02
15h – Bloco Pescoço do Peru
17h30 – Bloco da Barata
20h – Bloco Universitários

Domingo – 15/02
12h30 - Bohemios
15h – Bloco Pescoço do Peru
17h30 – Bloco da Barata
20h – Bloco Universitários

Segunda – 16/02
12h30 - Ostralhaços
15h – Bloco Pescoço do Peru
17h30 – Bloco da Barata
20h – Bloco Universitários

Terça – 17/02
15h – Bloco Pescoço do Peru
17h30 – Bloco da Barata
20h – Bloco Universitários

LAGOA DE IRIRY

Segunda – 16/02
13h – Bohemios

Terça – 17/02
13h - Bohemios

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

CEDAE Apresenta à Prefeitura Medidas para Garantir Abastecimento em Rio das Ostras no Carnaval.

Prefeito Sabino com sua equipe com a gerência regional da CEDAE-Foto-SECOM
 A CEDAE apresentou esta semana as ações que  estão sendo tomadas pela concessionária para garantir o abastecimento de água em Rio das Ostras, no Carnaval. Nesse período, a população da cidade chega a triplicar. O plano de medidas preventivas foi apresentado ao prefeito Alcebíades Sabino e a sua equipe técnica, nesta terça-feira, dia 10.

Entre as ações que a CEDAE vem fazendo está a limpeza da rede de captação de água, afetada pela grande quantidade de areia sugada para a tubulação, já que o nível do rio está muito baixo por conta da seca que atinge o Estado do Rio de Janeiro. A empresa também informou sobre a instalação de geradores de energia que vão garantir o funcionamento das bombas. 
Prefeito Sabino, Gerente da CEDAE Fernando Arruda e o Secretário de Serviços Públicos Magno da Mata-SECOM
De acordo com gerente regional da CEDAE, Fernando Arruda, a empresa  vem enfrentando nesses últimos meses uma grave crise hídrica, com a falta de chuvas e o baixo nível dos rios que abastecem a região.

“Para se ter uma ideia, a CEDAE  teve que reduzir sua vazão de água de 460 litros por segundo, para 360 litros por segundo, devido à  seca. E agora  trabalhamos  para retornar a  vazão regular”, explicou Fernando Arruda.

                                            PLANTÃO

 Para atender a essa demanda de Carnaval, quando aumenta expressivamente o consumo de água na cidade, a CEDAE também montou um Plantão de Atendimento, das 8h às 14h, na sede da empresa em Rio das Ostras, que fica situada à Rua 1, n200, Extensão Serramar.

O cliente também poderá ligar para o telefone (22) 2771-1513  e após o horário normal poderá ligar para o 0800-282195, que tem atendimento 24 horas. 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Rio das Ostras amplia horário de visitação aos imóveis para prevenir dengue


Durante Horário de Verão, equipes vão atuar até as 20h. Ação também busca prevenir a chikungunya
O trabalho de prevenção à dengue é permanente em Rio das Ostras. Com visitas dos guardas sanitários a todas as localidades do Município e ações de educação em saúde, a cidade conseguiu reduzir em mais de 95% os casos suspeitos da doença no último ano. Este ano, o Brasil inteiro está em alerta também para o surgimento de casos de febre chikungunya, doença que é transmitida pelo mesmo mosquito e que pode ser prevenida eliminando os criadouros do vetor.

Em 2015, para ampliar a cobertura, a Secretaria de Saúde estendeu o período de visitação dos guardas sanitários aos imóveis durante o Horário de Verão. As equipes vão percorrer as casas até as 20h, horário que, em geral, os proprietários já retornaram do trabalho.

Rio das Ostras, hoje, conta com 124 agentes trabalhando diretamente nas visitas diárias. Durante a inspeção, os guardas sanitários verificam a existência de focos do mosquito transmissor e aplicam o larvicida quando há necessidade. As equipes também são treinadas para identificar pessoas com sintomas da doença e orientá-las a buscar as unidades de saúde.

CRIADOUROS - Segundo Jorgito Pinheiro, Coordenador do Programa de Controle da Dengue em Rio das Ostras, mais de 90% dos focos de larvas do mosquito transmissor estão dentro das residências. Esse número deixa claro o quanto é importante que a população colabore para conter a doença, eliminando possíveis criadouros.

“É preciso que todos trabalhemos juntos, poder público e população, para manter a dengue sob controle. Mudamos estratégias, investimos em melhorias constantes. Mas é necessário que os moradores cuidem de sua residência, de seu quintal, elimine criadouros do mosquito”, explica Jorgito.

O coordenador explica que o trabalho dos agentes é de orientação e que os proprietários são responsáveis por manter seus imóveis sem acúmulo de lixo ou outras condições que propiciem a proliferação doAedes aegypti.

ALERTA –  O Verão é sempre o período mais preocupante em relação à dengue. As altas temperaturas e chuvas, além do aumento da população flutuante do Município neste período, que leva também ao aumento do descarte irregular de resíduos sólidos, propiciam a proliferação de mosquitos.

Durante o horário de verão, a Vigilância em Saúde mudou a estratégia de visitação dos guardas sanitários para conseguir atender imóveis que, em geral, estão fechados no período comercial. Algumas equipes estão atuando até as 20h, em determinadas localidades onde o números de residências fechadas estava acima do estimado.

“Não podemos descuidar! Estamos trabalhando em todas as localidades, de forma permanente. A doença preocupa e agora estamos ainda mais em alerta com a chegada da febre chikungunya no País e no nosso Estado. A participação da população é fundamental nessa luta contra o mosquito transmissor”, finaliza a secretária de Saúde, Ana Guerrieri.

CHICUNGUNYA - A febre chikungunya é uma doença causada por vírus do gênero Alphavirus, transmitida por mosquitos do gênero Aedes, sendo o Aedes Aegypti (transmissor da dengue) e o Aedes Albopictus os principais vetores.

Os sintomas da doença são febre alta, dor muscular e nas articulações, cefaleia e exantema (erupção na pele) e costumam durar de três a 10 dias. A letalidade da doença, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), é rara, sendo menos frequente que nos casos de dengue. Mais de 1.300 casos da chikungunya foram registrados no Brasil em 2014.