De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Parceria Prefeitura e CEDAE levam água para 30 mil moradores em Rio das Ostras.

  Enquanto alguns estados do sudeste como Minas Gerais e São Paulo sofrem com a falta de água a Prefeitura de Rio das Ostras, a Secretaria de Serviços Públicos, numa parceria com a CEDAE levam para os bairros Âncora, Village e Atlântico o tão precioso líquido conforme foi prometido desde o início do ano pelo o Prefeito Sabino.
Até o final do ano os moradores desses bairros em sua totalidade já poderão receber água em suas casas.
Os testes foram realizados com sucesso em três dias na semana passada e na sexta feira dia 24 de outubro foi realizado mais um teste e desta vez com a presença de diversas autoridades do estado e do município: 
Alcebíades Barbera, Presidente da Associação dos Comerciantes do bairro Âncora;
Sr. Mário Jorge Rabello, Subsecretário municipal de obras; Sr. Flávio Fontes, Subsecretário de Serviços Públicos; Sr. Magno Pessanha da Mata, Secretário municipal de serviços públicos; Sr. Wayner Fajardo, Secretário Municipal de Obras; Sr. José Iran Junior, Secretário de Obras do Estado; Fernando Arruda, Diretor Regional da CEDAE;  Sr.Heleno Silva, Diretor  de Interior da CEDAE, representando os senhores: José Iran Junior, Secretário Municipal de Obras e Wagner Victer, presidente da CEDAE; Os Vereadores: Ademir da Farmácia, Derlan da Hora, Elói Dutra, Aluísio Viana, Cemir Jóia representando os demais Vereadores, Rose dos Santos, Secretária de Bem Estar Social; o Vice Prefeito de Rio das Ostras Gelson Apicelo e o Prefeito Sabino que compuseram o local de honra.
O Evento contou também com a presença de diversos Secretários e Subsecretários municipais entre eles: A Professora Eronei Leite, Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Sr. João Francisco, Subsecretário Municipal de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana; Sr. Edson Luiz Pereira, Secretário de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana; Sr. Cosme dos Santos, Presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura entre outros, além de presidentes de associações de moradores, funcionários públicos e população em geral.
A obra que vai beneficiar mais de 20 mil moradores foi realizada em parceria com a Prefeitura. De acordo com a CEDAE , o abastecimento será regularizado em até o final do ano.
A CEDAE e a Prefeitura de Rio das Ostras instalaram oito mil metros de tubos, que vão levar água tratada para vinte mil moradores, com um investimento de oito milhões de reais.
 A vazão de água passou de cento e oitenta litros por segundo para quatrocentos e cinquenta litros por segundo, melhorando o abastecimento em toda a cidade. A segunda etapa da obra vai levar água para os moradores das localidades; Colinas, Costazul, Recreio, Ouro verde, Jardim bela vista, Mary lago, Terra firme, Verdes mares, Enseada das gaivotas, Floresta, Praiamar e bosque da areia.
A CEDAE esclarece à população que este primeiro fluxo de água está servindo para a limpeza da rede esse procedimento é necessário para garantir a qualidade da água entregue aos moradores.

De acordo com a CEDAE, paralisações no fornecimento de água são esperadas durante a pré-operação. Ao ser identificado um vazamento ou problemas na rede que necessitem de reparo, o sistema é fechado, interrompendo temporariamente o fluxo de água até o conserto. Este processo deve durar até o final do ano, quando a distribuição será regularizada.

De acordo com o gerente regional da CEDAE, Fernando Arruda, os problemas no início da operação são esperados. “Na primeira fase foram instalados cerca de 10 Km de tubulações, que estão permitindo levar água a estes bairros. Na segunda fase serão instalados pouco mais de 1 Km de tubos e um booster (elevatório) para levar água ao reservatório de Costazul, o que vai permitir que a água chegue as demais localidades previstas e melhorar a qualidade de abastecimento a quem já recebe”, explicou.
                                                                   
    O Secretário de Obras, Wayner Fajardo falou do esforço do Prefeito Sabino em levar água para a população:

“Sr. Prefeito o senhor a gente inaugura muita obra, mas inaugurar obra da água é um marco para o senhor, parabéns porque em 2004 o Sr. Inaugurou a obra da água no município e hoje nós estamos inaugurando um novo feito que é trazer água para toda essa região, que tinha rede de abastecimento mas não tinha água”.
“Água é vida água é saúde e sei que dentro de mais algum tempo o senhor irá universalizar a água no município de Rio das Ostras”, disse confiante o Secretário.
O Secretário de Serviços Públicos Magno da Mata falou da satisfação de contribuir para levar água para essa região:

 O Diretor para o interior da CEDAE, Heleno Silva, lembrou também a importância da chegada da água no Município e destacou a parceria entre a empresa estatal e a Prefeitura. “Colocar água em Rio das Ostras foi uma luta e não economizou elogios ao Secretário de Serviços Públicos Magno da Mata que segundo o diretor tem se desdobrado nessa tarefa de levar água para esse povo que tanto almejava por esse momento.

Aquele investimento feito na primeira gestão do Sabino, de R$ 30 milhões pela Prefeitura, tornou possível trazer água para o bairro Âncora hoje, foi a pedra fundamental do que estamos realizando hoje aqui. A retomada da parceria entre o Município e a CEDAE é importantíssima. Com a participação da prefeitura ficou muito mais fácil e mais rápido a realização dessa obra. Até 2016 vamos universalizar a distribuição de água em Rio das Ostras”.

Ao De Olho em Rio das Ostras o Diretor falou: 

O Vice Prefeito Gelson Apicelo lembrou como foram difíceis os primeiros contatos com a CEDAE quando uma comissão composta por ele, quando ainda acumulava o cargo de Secretário de Serviços Públicos, o Prefeito Sabino, Vereadores e Secretários Municipais e esses encontros resultaram nessa nova relação entre Prefeitura e CEDAE que quem ganha é principalmente a população de Rio das Ostras:
“Eu e o Prefeito Sabino encabeçamos uma comissão especial que foi até o  Rio de Janeiro reivindicar as obras da CEDAE para trazer a água esse líquido precioso para Rio das Ostras”
“Não foi uma tarefa fácil, e eu cheguei até a propor o rompimento do convênio da Prefeitura  com a CEDAE caso a água não viesse”.
Graças a Deus e ao nosso esforço que à partir daí a CEDAE passou a dar uma atenção especial para Rio das Ostras e hoje estamos podendo comemorar a chegada da água em vários bairros da nossa cidade como prometemos desde à nossa campanha”, salientou o inquieto Vice Prefeito Gelson Apicelo.
O prefeito Sabino pediu a ajuda da população no combate ao desperdício. “Estamos vendo a situação de estados como São Paulo, onde falta água. A água que é desperdiçada faz falta para outra pessoa e esse é um recurso mais fundamental do que o petróleo. É preciso ter controle”, alertou. Sabino solicitou ainda que os moradores informem sobre vazamentos nas suas ruas pelo telefone da CEDAE: 2771 1513.

Ao De Olho em Rio das Ostras o Prefeito declarou:


                             Clique aqui para ver mais fotos do evento.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Rio das Ostras aos Pés da Cruz foi o tema da Sétima Marcha pra Jesus!Linda

 Numa grande manifestação pelo valor da família Rio das Ostras através da APLERO com o apoio da Prefeitura Municipal de Rio das Ostras realizou a Sétima Marcha pra Jesus neste sábado dia 18 de outubro, Em um evento que contou com centenas de Cristão pela família, pela unidade, pela segurança, pelo governo, pela quebra de maldições e pela Paz.
Foi com esse espírito que uma multidão se concentrou desde às 15 horas na Praça José Câmara  onde e apresentaram vários cantores que Louvaram ao Senhor Jesus intercalados por orações de Pastores que se dedicaram a esse evento de corpo e alma o que representou o sucesso de todos os anos o que deixam felizes os corações dos Cristãos Riostrenses.
O Pastor Ernani David Pereira falou para os Cristãos presentes na concentração da Marcha pra Jesus e pediu para que a Marcha fosse Ordeira para a Honra de Jesus:



De Olho em Rio das Ostras conversou com o Pastor Roberto Bittencourt, Presidente da Academia Brasileira de Teologia de Letras que falou da importância da Marcha para a nossa cidade:

O Pastor Cristóvão Presidente da APLERO falou do empenho de todos para mais uma realização da Marcha pra Jesus em Rio das Ostras:

“Nós da APLERO estamos muito satisfeitos com mais uma realização da Marcha pra Jesus contamos com o apoio da Prefeitura Municipal de Rio das Ostras e todo o pessoal empenhado em levar essa manifestação de Fé para que o povo de Rio das Ostras se conscientize cada vez mais da importância do nosso Salvador Jesus Cristo”. Falou o Pastor Cristóvão.
 Pastor Aroaldo é o Coordenador da Marcha pra Jesus desde a sua  primeira edição e não mede esforços para que a cada ano o número de Cristãos aumente e que essa Marcha pra Jesus que já faz parte do calendário do município se transforme num dos maiores eventos da nossa cidade e consiga atingir cada vez mais um número maior de Riostrenses Louvando Jesus:
Já passava das 19 horas quando a caminhada saiu da Praça principal de Rio das Ostras seguindo pela Rodovia Amaral Peixoto levando uma multidão ordeira e concentrada até ao espaço de eventos de Costazul onde uma outra grande multidão aguardava e diversos artistas e representantes de vários Ministérios se apresentaram na Marcha pra Jesus:
Alan Nascimento; Luisa Gabriela; Maria Vitória; Dinho Oliveira; Wiliam e Esther; Grace Jhones; Wiliam Torres; Joyce Barbosa; Matheus Marlom; Celso Almeida; Missão Nova vida; Ministério Apascentar de Louvor; Ministério Santidade ao Louvor; Ministério Reino Livre; Banda Renascente, Banda Isaias 61; Ministério Bola de Neve, Ministério Porta do Céu e muitos outros.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

PROINPE-Rio das Ostras Entrega Prêmios à Pesquisa.

Fotos:De Olho em Rio das Ostras.
A prefeitura de Rio das Ostras, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação entregou o Prêmio Rio das Ostras de Incentivo à Pesquisa para alunos e professores da Rede Pública de ensinos Fundamental e Médio em Cerimônia realizada nesta segunda feira dia 13 de outubro no Teatro Popular Municipal em evento que contou com a presença de convidados, Secretários e subsecretários municipais e representantes da Sociedade riostrense.
A Premiação para os que destacaram na pesquisa científica faz parte da Programação da II Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação que está acontecendo em Rio das Ostras desde o ultimo dia 09 de outubro e vai até o próximo dia 19 em diversos pontos da cidade.

Esse Prêmio é um compromisso que a Gestão Municipal tem com os professores da cidade. Alguns Projetos já foram premiados na Feira Eco-Ostras que aconteceu na Quadra do Colégio Professora América Abdalla na ultima quinta feira dia 09 de outubro, evento realizado pela Secretaria de Educação sob o Tema: Exatas e Humanas porque Tudo é Ambiente.

Para compor a Mesa de Honra foram convidados os Professores que fizeram parte da comissão de avaliação dos Projetos Escritos e outras autoridades:
Os Professores Jader Lugon Junior, Alexandre Fernandes Corrêa e Carolina Gonçalves Pupe; Alice Guida, Subsecretária municipal de ambiente, sustentabilidade, agricultura e pesca; Professora Nelma Ferreira, Subsecretária municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação; Carla Ennes, Secretária de Turismo e Desenvolvimento Econômico; Laureliane Cristina de Araújo Sales, Diretora do Departamento de educação Ambiental da Secretaria Municipal de Educação; Professora Andrea Machado, Secretária municipal de Educação; Eronei Leite, Secretária municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação e o Prefeito Sabino.
Durante a Solenidade de abertura o público foi agraciado com a apresentação do Coral Tom da Voz, formado por alunos do Instituto Municipal de Ensino Rio das Ostras (IMERO) e das escolas municipais Padre José Dílson Dórea e Francisco de Assis Medeiros Rangel. 
A Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Rio das Ostras, criada em 2013, faz parte da semana nacional que é realizada em diversos municípios desde 2003.o evento tem o objetivo de divulgar e popularizar a ciência para a população em geral e mostrar que o desenvolvimento científico está presente todos os dias em nossa vida. é só olhar em volta!a temática deste ano visa estimular as discussões e os trabalhos na dimensão social, como instrumento de inclusão, transformação social e desenvolvimento humano. além disso, o tema da SNCT de 2014, se constitui em uma grande oportunidade para se discutir o próprio conceito de desenvolvimento social em um referencial democrático que valorize, de um lado, os avanços da ciência e tecnologia e, ao mesmo tempo, os pontos de vista e os conhecimentos locais praticados por gerações.nossa programação apresenta várias atividades de melhoria da qualidade de vida da população, como desenvolvimento de postos de trabalho aliados ao desenvolvimento e aprimoramento da tecnologia. Também trazemos o apoio ao desenvolvimento da pesquisa científica, desde a escola básica, por acreditarmos que o cientista nasce da curiosidade alimentada pela escola desde as primeiras séries do ensino fundamental.por isso, pela primeira vez no município, premiaremos os professores que elaboraram projetos de pesquisa com seus alunos nas escolas públicas de rio das ostras.dessa forma, nesta noite faremos a abertura oficial da ii semana municipal de ciência, tecnologia e inovação juntamente com a cerimônia de premiação do PROINPE, onde os quinze primeiros classificados no prêmio rio das ostras de incentivo à pesquisa serão agraciados.a banca do concurso contou com professores doutores do instituto federal fluminense e da UFRJ/Macaé.

O PROINPE selecionou 15 projetos de pesquisa, teve por objetivo mostrar que o conhecimento científico está presente em nosso dia-a-dia ao quais receberam troféus e medalhas. Os trabalhos abrangeram as seguintes áreas do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra; Ciências Biológicas; Engenharias; Ciências da Saúde; Ciências Agrárias; Ciências Sociais Aplicadas; Ciências Humanas; Linguística, Letras e Artes; e Multidisciplinar. 
Os três primeiros colocados no PROINPE receberam prêmios que variaram de R$ 1 mil a R$ 3 mil e surpreenderam a banca do concurso por sua inovação, aplicabilidade e baixo-custo para execução. O terceiro lugar ficou com a professora Natália Coqueiro Mendonça Barreto, da Escola Municipal Inayá Moraes D’ Couto, com o projeto “Calha Pet, nossa super(ação): uma proposta sustentável, supervisionando as alunas Vitória Helen da Silva Teixeira, Eliézia Oliveira Batista e Thaissa Bertolino da Silva. O trabalho teve por objetivo viabilizar e popularizar o recolhimento de águas pluviais a partir da construção de calhas com materiais reutilizáveis e de baixo custo.
A segunda classificação no PROINPE foi obtida com o projeto “Criação de QR-Code para divulgação do HPV”, da professora Caroline Menezes de Oliveira, da Escola Municipal Nilton Balthazar, com os alunos Nathalia de Castro Martins, Miriã Ricardo Vargas, Yago de Azevedo Manhães. O objetivo foi criar uma ferramenta digital para divulgar nas escolas públicas informações sobre o HPV. “A tecnologia é capaz de modificar comportamentos.
O primeiro lugar foi conquistado pelo trabalho “Materiais Adaptados para Deficientes Visuais”, da docente Túlia Cristina de Assunção Fernandes, que leciona na Escola Municipal Marinete Coelho de Souza. A professora orientou os estudantes Jussane Rodrigues Mateus de Souza, Rhuana Barreto Moreira, Ketlin Vitória dos Santos Souza e Katariny Pontes da Costa.
Para a professora Carolina Gonçalves Pupe, professora da comissão que julgou os projetos que concorreram ao PROINPE, todos os trabalhos foram de excelente qualidade. “A Prefeitura de Rio das Ostras está de parabéns por trazer a Ciência para a sala de aula. Queremos ideias que tragam melhorias para a qualidade de vida da população”, enfatizou.
Quando fez uso da palavra a Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Eronei Leite, ressaltou que o PROINPE é uma iniciativa particular no Estado do Rio de Janeiro por reconhecer o trabalho em iniciação científica dos professores da rede pública de ensino:

 “Foram 16 escolas do Município que participaram deste Prêmio. É fundamental pensar em projetos que trarão desenvolvimento para a nossa sociedade. Vamos descobrir o papel da Ciência em nossas vidas e queremos contar com a população para debater esta questão”, disse a Secretária.

De Olho em Rio das Ostras conversou com a Secretária Eronei que traçou um paralelo entre a primeira Semana da Ciência no ano passado e a atual:

Em seu discurso o Prefeito Sabino agradeceu as parcerias com o Instituto Federal Fluminense e a UFRJ-Macaé e salientou que o Prêmio Rio das Ostras de Incentivo à Pesquisa irá consolidar as conquistas do Município na área de produção de Pesquisa:

 “Precisamos despertar o interesse de nossos estudantes pelo saber e conhecimento, para que a gente tenha uma sociedade mais justa. No ano que vem iremos incluir a rede privada no PROINPE. 


Clique aqui e veja mais fotos do evento

terça-feira, 14 de outubro de 2014

“Exatas e Humanas Porque Tudo é Ambiente”, foi o Tema da II Eco Ostras.

   Realizada nesta quinta, 9 de outubro na quadra do Colégio Professora América Abdalla,  a II Eco-Ostras, com o slogan “Exatas, Humanas porque Tudo é Ambiente”  numa iniciativa da Secretaria Municipal de Educação, com participação e Colaboração de várias Secretarias Municipais, Órgãos Federais  e  Unidades municipais de ensino que expuseram seus inventos na Mostra: Secretaria de ambiente sustentabilidade agricultura e pesca; Secretaria de segurança pública; Secretaria de ciência tecnologia e inovação; Secretaria de comunicação social; Secretaria de turismo; Secretaria de saúde; Universidade federal fluminense; Universidade federal do rio de janeiro; Colégio casulo; Colégio castelo; Federação brasileira de ciclismo, bike RO; ONG Maré;
A mostra também marcou o início da II Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, que promete mobilizar centenas de estudantes, professores e moradores da cidade até o dia 19 deste mes.

Na solenidade de abertura foram convidadas as seguintes autoridades para compor a Plataforma de honra: Professora Vera Cascon, Coordenadora geral da feira de ciência, tecnologia e inovação do estado do rio de janeiro; Professora Eronei leite, Secretária de Ciência Tecnologia e Inovação; Nivaldo Talon, Secretário do ambiente, sustentabilidade, agricultura e pesca; Professora Laureliane Cristina de Araújo Sales, Diretora do departamento de educação ambiental da secretaria municipal de educação; Professora Dalva Fragoso, Subsecretária municipal de educação; Professora Andréa Machado Pereira de Carvalho, Secretária de Educação.
O objetivo da II feira Eco-Ostras é incentivar e apoiar a popularização da ciência através da exposição dos trabalhos desenvolvidos por alunos nas unidades escolares. Essa participação incentiva a avaliação crítica do espaço ao seu redor além da proposição de soluções para os problemas identificados, visando tornar o cidadão mais do que um expectador, um ator social.
O incentivo a prática da construção de projetos nas escolas contribui para a formação dos alunos. 
O evento parte do princípio que o aprendizado conquistado pela pesquisa permanece, uma vez que é uma experiência única de exercício do senso crítico e dos conhecimentos apreendidos.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                Através desta perspectiva se prepara o futuro, para a pesquisa, a criação e a elaboração de novas tecnologias melhorando a qualidade de vida e resolução de problemas eminentes em nossa sociedade. para lembrar que as questões ambientais são inerentes  a todos os setores abrimos espaço para apresentações culturais e exposição de atividades que fazem parte do cotidiano de nossa sociedade e visam privilegiar a melhoria socioambiental de nosso município.
Dentro de uma grande variedade de soluções sustentáveis De Olho em Rio das Ostras destacou alguns trabalhos:

Phelipe Luiz dos Santos, aluno de Escola Municipal Nilton Balthazar mostrou as vantagens da “Hidroponia Caseira” para cultivar alimentos saudáveis em casa com materiais recicláveis:
Os alunos Ian Patrocínio e Fábio Paes Leme da Escola municipal Inayá Moraes D’Couto falaram da “Roda que a Água Gira e Gera Energia” 


As alunas da Escola Casulo, Isabele e Sofia falaram da solução que criaram para essa mostra a "Agricultura Residencial":

Na Feira, a Secretária de Educação, Andrea Machado, acompanhou atentamente as explicações sobre os projetos e falou ao De Olho em Rio das Ostras sobre a importância desse evento para a população e principalmente para os alunos da Rede municipal e particular:

 As Secretarias de Saúde, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Segurança Pública, Ambiente montaram estandes no evento, além da ONG Maré, BikeRO e Ecomodas, que vendeu na Feira camisetas 100 por cento fabricadas a partir de garrafas pet recicladas.   


A Feira cumpriu o seu objetivo de incentivar  a pesquisa e o desenvolvimento da tecnologia na área de sustentabilidade e premiou os três melhores trabalhos divididos em três grupos: 6º e 7º anos do Ensino Fundamental; 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         Clique aqui e veja mais fotos do evento                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Festival de Jazz injetou mais de R$ 11 milhões na economia de Rio das Ostras

Mais de R$ 11 milhões foram injetados na economia de Rio das Ostras durante a última edição do Festival de Jazz & Blues, que também teve seu novo formato aprovado por visitantes e moradores. Assim apontou a pesquisa da Fundação Getúlio Vargas – FGV, que também registrou como excelente o evento, de acordo com os entrevistados. Este ano, cerca de 20 mil pessoas passaram pelos palcos diariamente.
 A pesquisa, encomendada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, avaliou os nove dias de evento. Cerca de 46% dos entrevistados ficaram hospedados em hotéis e pousadas e 50,3% disseram que a qualidade do Festival melhorou comparado à edição de 2013. Outra questão bastante elogiada pelo público foi a estrutura da cidade, desde o trânsito até o conforto oferecido nas áreas de shows.

Segundo a proprietária de pousada Luciana Lima “o Jazz e Blues vem agregar qualidade à imagem de Rio das Ostras, ele atrai um público com poder aquisitivo alto e que investe fortemente em nossa rede. Acredito que os investimentos da Prefeitura em tecnologia e estrutura tenham atraído mais visitantes. Além disso, coloca nosso município em destaque nacionalmente. Sonhamos que um dia o Festival aconteça o mês inteiro”, defende Luciana.

Outro ponto de destaque do estudo foi o potencial do festival de atrair visitantes para a cidade também fora do período do evento. Os números mostraram que a qualidade do evento, tanto dos artistas, quanto da estrutura oferecida pelo município, estimulou em quase 100% dos visitantes a vontade de retornar a Rio das Ostras antes da próxima edição do evento. 

Para a Secretária Carla Ennes, o objetivo é que o Festival se torne um grande negócio para a cidade e seja sustentável. “Este resultado de 11 milhões reflete os gastos de turistas e veranistas, ainda tem todo dinheiro gastos pelos moradores que também participam do evento. O Festival de Jazz está a cada dia mais virando um bom negócio para a cidade e esse é nosso objetivo, promover Rio das Ostras como um lugar que investe na cultura e consegue com isso aquecer a economia e gerar emprego e renda para a população”.

 No ano que vem, o evento acontecerá nos dias 14, 15 e 16; e de 19 a 23 de agosto. A decisão foi tomada baseada nos dados da pesquisa e em comum acordo com empresários das redes hoteleira e gastronômica, em reunião realizada na última quinta-feira, dia 2, convocada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo. Várias propostas de datas foram apresentadas e, por votação direta, foi decidido que o Festival continua no mês de agosto.
Além de empresários, estiveram na reunião os presidentes do Rio das Ostras Convention & Visitors Bureau, do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Rio das Ostras, e representantes do Núcleo Gastronômico da cidade e do Trade Turístico do Projeto Serramar, do Sebrae.

 Na 12ª edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival novidades incrementaram o evento. Foram duas noites a mais de shows, além do Concurso de Bandas que aqueceu o município durante a semana com apresentação de 20 grupos do Estado do Rio. O aplicativo para smartphones, com informações de todo Festival, e a transmissão ao vivo pelo portal G1 também agradaram o público.
                                                                          

Outro ponto positivo foi a estrutura que possui a qualidade dos grandes eventos musicais mundial e pelo segundo ano consecutivo foi montada pela Revolution Produtora de Eventos, uma das maiores Empresas do gênero no  mundo e possui escritório operacional em Rio das Ostras.


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação começa no dia 9

 A II Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (SEMUCT) tem início na próxima quinta-feira, dia 9, em Rio das Ostras, e promete mobilizar centenas de estudantes, professores e moradores do Município até o dia 19. O encontro, que traz o tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”, ocorre em sintonia com a 11ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, organizada pelo Governo Federal para mobilizar a população - em especial crianças e jovens - em torno de atividades de Ciência e Tecnologia. Ao todo, o público terá 11 dias para vivenciar a prática científica e a inovação em diversas áreas do conhecimento.

A programação inclui exposições, oficinas, palestras, workshops, trilha no Parque Municipal e a Cerimônia de Premiação dos trabalhos dos finalistas ao Prêmio Rio das Ostras de Incentivo à Pesquisa (PROINPE), além de atividades com adolescentes do Programa Jovem Cidadão e do Centro Integrado de Convivência Dr. Gilberto Sobral Barcellos.

“As ações desta Semana fazem parte da proposta de Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação para o desenvolvimento da Ciência em Rio das Ostras, como a promoção de cursos de qualificação, técnicos e de pós-graduação; além do apoio a projetos de pesquisa, como o de Plantas Medicinais, desenvolvido junto à UFRJ; e o Programa de Transporte Universitário”, destacou a subsecretária de Ciência, Tecnologia e Inovação de Rio das Ostras, Nelma Ferreira.


ECO-OSTRAS - O lançamento da II Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação acontece no dia 9, com a apresentação de projetos que tiveram destaque na Feira Eco-Ostras, gincana realizada pela Secretaria de Educação de 10 de abril a 4 de maio no Colégio Professora América Abdalla, reunindo trabalhos de estudantes da rede municipal sobre temas como preservação ambiental e uso sustentável dos recursos naturais.

A programação continua com a exposição “Darwin Now”, de 13 a 19, no Parque dos Pássaros, com 17 quadros que exploram a relação entre evolução e sociedade, revivendo a importância da obra do naturalista inglês Charles Darwin. Neste dia também estão agendadas, às 14h, Oficina de Sabão, no Parque dos Pássaros; e às 18h, a Cerimônia de Premiação do PROINPE, no Teatro Popular de Rio das Ostras.

Na terça, dia 14, o público poderá conferir, das 9h às 16h, a exposição “Nem tudo é lixo”, na Praça São Pedro e, às 14h, a palestra “Educomunicação”, no Parque dos Pássaros. Na quarta, dia 15, estão previstas, no Parque dos Pássaros, Oficina de Compostagem, com representantes da ONG Maré, às 14h; e a palestra “Mundo Mobile – Desenvolvimento e Soluções para Smartphones e Tablets”, às 15h, com Marcos Vinicius Marini, Subsecretário Municipal de Tecnologia da Informação.


HORTA ORGÂNICA E FARMÁCIA VIVA – Outro momento importante da Semana acontece no dia 16, às 14h, no Parque dos Pássaros, com a Oficina “Horta Orgânica”, e às 18h e 19h; respectivamente, com as palestras “A História das Plantas Medicinais” e “Projeto Farmácia Viva em Rio das Ostras”. 

Já na sexta-feira, dia 17, às 9h e 14h, adolescentes do Centro de Integração de Convivência Dr. Gilberto Sobral Barcellos irão participar do workshop “Tecnologia na Panificação”, na Padaria Escola, em Nova Cidade. No mesmo dia, às 10h30 e 14h30, jovens do Programa Jovem Cidadão, mantido pela Prefeitura, irão assistir ao workshop “Conquistando o seu lugar no Mercado de Trabalho”, no Centro de Inclusão Digital, em São Cristóvão.

Encerrando a programação, também no dia 17, às 14h, está prevista a “Trilha Sensorial” no Parque Municipal, que convida os participantes do evento a explorar seus sentidos durante o percurso.

A programação da Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação pode ser conferida no endereço http://www.riodasostras.rj.gov.br/secti/2a-semana-municipal-de-ciencia-tecnologia-e-inovacao-2014/


SEMANA NACIONAL - Criada em 2004, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) tem por objetivo mobilizar a população em torno de temas e atividades científicas, valorizando a criatividade, a inovação e destacando a importância da ciência e da tecnologia para a vida de todos.

Serão promovidas, em todo o País, atividades de difusão e de apropriação social de conhecimentos científicos e tecnológicos relacionados ao tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”.

Confira a programação completa da Semana:

09 de outubro
9h às 17h – II Feira Eco-Ostras
Local: Quadra do Colégio Professora Abdalla
Nova Esperança

13 a 19 de outubro
9h às 16h – Exposição “Darwin Now” em Rio das Ostras
Local: Parque dos Pássaros
Jardim Mariléa

13 de outubro14h – Oficina de Sabão (reutilização de óleo de cozinha)
Local: Parque dos Pássaros – Jardim Mariléa

18h – Cerimônia de Premiação do PROINPE - Prêmio Rio das Ostras de Incentivo à Pesquisa
Local: Teatro Popular de Rio das Ostras
14 de outubro
9h às 16h – Exposição Nem Tudo é Lixo
Local: Praça São Pedro – Centro

14h – Palestra: Educomunicação
Circuito Tela Verde
Local: Parque dos Pássaros – Jardim Mariléa

15 de outubro14h – Oficina de Compostagem
ONG Maré

15h – Mundo Mobile – Desenvolvimento e Soluções para Smartphones e Tablets (palestra)
Marcos Vinícius Marini – Subsecretário de Tecnologia da Informação
Local: Parque dos Pássaros – Jardim Mariléa

16 de outubro
14h – Oficina Horta Orgânica

18h – A História das Plantas Medicinais (palestra)
Dr. Gilberto Zanetti – Curso de Farmácia / UFRJ

19h – Projeto Farmácia Viva em Rio das Ostras (palestra)
Dr. Edson Carvalho – Curso de Farmácia / UFRJ
Local: Parque dos Pássaros – Jardim Mariléa


17 de outubro
9h / 14h – Tecnologia na Panificação (Workshop)
Atividade com adolescentes do Centro Integrado de Convivência
Dr. Gilberto Sobral Barcelos
Local: Padaria Escola – Nova Cidade

10h30 / 14h30 – Conquistando o seu lugar no Mercado de Trabalho(Workshop)
Atividade com os jovens do Programa Jovem Cidadão
Local: Centro de Inclusão Digital – São Cristóvão

14h – Trilha Sensorial
Local: Parque Municipal – Mar do Norte
Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação