De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

sábado, 22 de agosto de 2015

Segunda noite do Rio das Ostras Jazz&Blues Festival Contou com Um Grande Público Entusiasmado!


                                                          Fotos:De Olho em Rio das Ostras-RJ
 Ao contrário da primeira noite que teve um público reduzido na abertura do Rio das Ostras Jazz&Blues Festival nesta sexta feira, dia 21 de agosto de 2015 a Costazul foi palco de shows memoráveis que entrarão para a história do maior Festival de Jazz e Blues da América latina.

No palco o grupo Segundo Set Instrumental abriu a segunda noite na Cidade do Jazz com muito suingue e um som contagiante mostrando as influências da Banda pela black music americana, recheada com blues, reggae e jazz com elementos eletrônicos.
O Segundo Set Instrumental foi o grande vencedor do concurso de bandas promovido pela Fundação Rio das Ostras de Cultura na edição passada do evento.

De Olho em Rio das Ostras conversou com o Músico Eduardo Bruno que falou da sua satisfação de tocar no Festival:


Segunda atração da noite foi o músico brasileiro Gabriel Silva que é natural de Petrópolis , mas adotou Rio das Ostras como a sua cidade onde reside.
Gabriel Silva participou do Programa "The Voice" da Rede Globo de Televisão que tem como objetivo revelar para o Brasil novos talentos e o Gabriel chegou numa posição de destaque do Programa.
Gabriel Silva aproveitou a oportunidade que teve de participar do Festival para apresentar o seu novo trabalho, um CD com um repertório muito diversificado ele  encantou a plateia com seu carisma cantando também canções conhecidas de seus admiradores. 
Muito emotivo Gabriel Silva agradeceu o apoio da população da cidade. “Rio das Ostras, minha cidade querida. Obrigada por sempre torcer por mim, em todos os momentos da minha trajetória”, destacou.



De Olho em Rio das Ostras conversou com o Cantor Gabriel Silva e perguntou como ele se sente participando de um dos maiores festivais de jazz&Blues do mundo em Rio das Ostras a cidade que lhe acolheu com muito carinho:

A terceira atração da noite, o baterista norte-americano Omar Hakim, ao lado de sua banda com versatilidade e batidas fortes, encantou a plateia que ficou em alguns momento da apresentação estasiada com a sua capacidade de improvisação em umas composições que beiravam o estilo minimalista quebrando um pouco das batidas fortes que é o seu ponto principal levando o público ao encantamento por esse músico que é considerado pela crítica como um dos melhores da atualidade.


A noite teve o seu ápice da noite com a apresentação da multi-instrumentista Carolyn Wonderland incendiou a plateia com sua poderosa voz e interpretação cativante. 
Carolyn Wonderland além do talento mostrado com sua habilidade ao trocar várias vezes - de instrumentos e interagir com o público, contando a história de suas canções e sua paixão pela música, herança de família.

Difícil mesmo foi deixá-la ir embora porque o público que estava contagiado pelo som e a simpatia de Carolyn Wonderland não queria aceitar o fim de sua apresentação e a fizeram retornar duas vezes e mesmo assim deixou um gostinho de quero mais e depois do show ela foi até o espaço reservado para vendas de CD"s e distribuiu autógrafos para uma multidão que já a aguardava.


Madrugada à dentro e já eram quase duas horas da manhã quando Artur Menezes, o "garoto prodígio do Blues", subiu ao palco da Cidade do Jazz. 
O guitarrista cearense cativou o público com sua performance e interagiu com a plateia tocando no meio do povo em determinado momento e não deixou ninguém ficar parado. 
Artur Menezes fez uma homenagem ao músico americano BB King, o "Rei do Blues", que faleceu em maio deste ano. Puro Blues e emoção para fechar a noite de sexta de nosso festival.
                                                       A Casa do Jazz

A casa do Jazz continua sendo que é um espaço alternativo dentro do Espaço de eventos de Costazul, onde artistas de Rio das Ostras e região tem ali a oportunidade de apresentarem para um grande e exigente público teve mais uma noite de grande sucesso  com uma boa frequencia de pessoas de várias idades.

De Olho em Rio das Ostras conversou com o Produtor Musical e um dos coordenadores da Casa do Jazz juntamente com o Mário Teles, Luiz Remy Gillet: 



                                      Programação deste sábado, 22 de agosto. 
                                                   
O Rio das Ostras Jazz & Blues Festival prosseguiu neste sábado, 22, com diversas atrações que teve início às 12h, na Concha Acústica da Praça São Pedro, no Centro, o baterista Omar Hakim mistura jazz fusion e música pop, em mais uma apresentação no evento.

O guitarrista Artur Menezes voltou ao palco as 14h15, desta vez foi no Anfiteatro da Lagoa do Iriry. Quem também se apresentou no local foi o guitarrista inglês Matt Schofield, às 15h45.
 Neste sábado à noite são as seguintes as atrações na Casa do Jazz:
Initio, Cabo Frio; Road 145 Blues Band; Blood Mary& The Monsters; Route 69; Delta Blues Rock Trio.

À noite, a partir das 20h, acontecem os últimos shows da Cidade do Jazz, em Costazul, que terão a abertura do gaitista Gabriel Grossi. Outras apresentações do sábado são o guitarrista Robben Ford, a banda Incognito e o acordeonista Dwayne Dopsie, considerado um dos melhores da América.


                                                         PATROCÍNIOS 
O Rio das Ostras Jazz & Blues Festival 2015 conta com patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria Estadual de Cultura, Vallourec, Auto Viação 1001 e Macaense. 

Além da Prefeitura, o evento recebe apoio da Unimed, Suga Tudo, Brastech, Alphaville, Mob Grapf, Trade Tur Rio das Ostras, Ostrastur Turismo, Convention Bureau, Alta Rede e Proinsp. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário