De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

terça-feira, 14 de outubro de 2014

“Exatas e Humanas Porque Tudo é Ambiente”, foi o Tema da II Eco Ostras.

   Realizada nesta quinta, 9 de outubro na quadra do Colégio Professora América Abdalla,  a II Eco-Ostras, com o slogan “Exatas, Humanas porque Tudo é Ambiente”  numa iniciativa da Secretaria Municipal de Educação, com participação e Colaboração de várias Secretarias Municipais, Órgãos Federais  e  Unidades municipais de ensino que expuseram seus inventos na Mostra: Secretaria de ambiente sustentabilidade agricultura e pesca; Secretaria de segurança pública; Secretaria de ciência tecnologia e inovação; Secretaria de comunicação social; Secretaria de turismo; Secretaria de saúde; Universidade federal fluminense; Universidade federal do rio de janeiro; Colégio casulo; Colégio castelo; Federação brasileira de ciclismo, bike RO; ONG Maré;
A mostra também marcou o início da II Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, que promete mobilizar centenas de estudantes, professores e moradores da cidade até o dia 19 deste mes.

Na solenidade de abertura foram convidadas as seguintes autoridades para compor a Plataforma de honra: Professora Vera Cascon, Coordenadora geral da feira de ciência, tecnologia e inovação do estado do rio de janeiro; Professora Eronei leite, Secretária de Ciência Tecnologia e Inovação; Nivaldo Talon, Secretário do ambiente, sustentabilidade, agricultura e pesca; Professora Laureliane Cristina de Araújo Sales, Diretora do departamento de educação ambiental da secretaria municipal de educação; Professora Dalva Fragoso, Subsecretária municipal de educação; Professora Andréa Machado Pereira de Carvalho, Secretária de Educação.
O objetivo da II feira Eco-Ostras é incentivar e apoiar a popularização da ciência através da exposição dos trabalhos desenvolvidos por alunos nas unidades escolares. Essa participação incentiva a avaliação crítica do espaço ao seu redor além da proposição de soluções para os problemas identificados, visando tornar o cidadão mais do que um expectador, um ator social.
O incentivo a prática da construção de projetos nas escolas contribui para a formação dos alunos. 
O evento parte do princípio que o aprendizado conquistado pela pesquisa permanece, uma vez que é uma experiência única de exercício do senso crítico e dos conhecimentos apreendidos.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                Através desta perspectiva se prepara o futuro, para a pesquisa, a criação e a elaboração de novas tecnologias melhorando a qualidade de vida e resolução de problemas eminentes em nossa sociedade. para lembrar que as questões ambientais são inerentes  a todos os setores abrimos espaço para apresentações culturais e exposição de atividades que fazem parte do cotidiano de nossa sociedade e visam privilegiar a melhoria socioambiental de nosso município.
Dentro de uma grande variedade de soluções sustentáveis De Olho em Rio das Ostras destacou alguns trabalhos:

Phelipe Luiz dos Santos, aluno de Escola Municipal Nilton Balthazar mostrou as vantagens da “Hidroponia Caseira” para cultivar alimentos saudáveis em casa com materiais recicláveis:
Os alunos Ian Patrocínio e Fábio Paes Leme da Escola municipal Inayá Moraes D’Couto falaram da “Roda que a Água Gira e Gera Energia” 


As alunas da Escola Casulo, Isabele e Sofia falaram da solução que criaram para essa mostra a "Agricultura Residencial":

Na Feira, a Secretária de Educação, Andrea Machado, acompanhou atentamente as explicações sobre os projetos e falou ao De Olho em Rio das Ostras sobre a importância desse evento para a população e principalmente para os alunos da Rede municipal e particular:

 As Secretarias de Saúde, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Segurança Pública, Ambiente montaram estandes no evento, além da ONG Maré, BikeRO e Ecomodas, que vendeu na Feira camisetas 100 por cento fabricadas a partir de garrafas pet recicladas.   


A Feira cumpriu o seu objetivo de incentivar  a pesquisa e o desenvolvimento da tecnologia na área de sustentabilidade e premiou os três melhores trabalhos divididos em três grupos: 6º e 7º anos do Ensino Fundamental; 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         Clique aqui e veja mais fotos do evento                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                

Nenhum comentário:

Postar um comentário