De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

sábado, 7 de novembro de 2015

Alfabetização na Rede Municipal de Rio das Ostras supera médias do estado e do País

 Rio das Ostras alcançou excelentes médias na Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) em 2014, que teve os resultados recentemente divulgados. A Rede Municipal de Ensino superou as médias nacionais e do Estado do Rio de Janeiro, além de ter ficado em primeiro lugar em Leitura na Região da Baixada Litorânea.

A avaliação foi direcionada para os estudantes matriculados no 3º ano do Ensino Fundamental, fase final do Ciclo de Alfabetização. O objetivo da ANA é produzir indicadores que contribuam para o processo de desenvolvimento da leitura e da escrita, além das habilidades matemáticas necessárias a esse momento da aprendizagem nas escolas públicas brasileiras.

Com a média geral de 64,0 em Leitura e 60,5 em Matemática, Rio das Ostras ultrapassou as médias nacionais de 43,8 e 42,9, respectivamente, e estaduais, que ficaram em 40,7 e 38,7. A Cidade ainda foi terceira em Leitura no Rio de Janeiro.

De acordo com a pontuação dos alunos, os mesmos são divididos em quatro diferentes níveis. O Departamento de Acompanhamento Pedagógico da Casa de Educação de Rio das Ostras considerou os dois melhores níveis de cada área para estabelecer o ranking comparativo.

As melhores médias da Rede Municipal foram alcançadas pelas escolas Ary Gomes de Marins, com 98,2 em Escrita e 81,5 em Leitura, e Vereador Pedro Moreira, com 84,0 em Matemática.
                                                     Avaliação Municipal 
A Secretaria de Educação aplicou as provas da segunda edição anual do Sistema de Avaliação Educacional de Rio das Ostras (Saero) até o dia 29 de outubro. A partir desses resultados é possível acompanhar, planejar ações e melhorar a qualidade do ensino da Rede Municipal.

“De posse dos resultados do Saero, nossa equipe traça metas e propõe intervenções pedagógicas, in loco, a fim de auxiliar e complementar o trabalho das unidades escolares. Essa parceria da Casa da Educação e escolas também contribuiu de maneira positiva para o bom resultado na Avaliação Nacional de Alfabetização”, afirma Dayse Teixeira Bastos, diretora do Departamento de Acompanhamento Pedagógico.

Foram avaliados quase 6 mil estudantes da Rede Municipal, sendo cerca de 2 mil do 2º ano, 1,9 mil do 5º ano  e 1,6 mil do 9º ano do Ensino Fundamental. O objetivo é avaliar a aprendizagem dos alunos relacionada às competências e habilidades desenvolvidas nas áreas de Português e Matemática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário