De olho em Rio das Ostras-RJ

De olho em Rio das Ostras-RJ

sábado, 13 de setembro de 2014

Rio das Ostras Inaugura a Nova Sede do CAPS em Marilea.

  
De Olho em Rio das Ostras esteve presente na inauguração da nova Sede do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) no bairro Marilea nesta quinta feira dia 11 de setembro de 2014.






A cerimônia de inauguração do novo espaço contou com presença de diversas autoridades municipais, familiares de pacientes, moradores do bairro Marilea e as seguintes personalidades que ocuparam a tribuna de honra: O presidente da Associação de Moradores do Jardim Marilea, Edson Carvalho (Edinho do Marilea); A delegada da 128ª Delegacia de Polícia Civil DE Rio das Ostras, Dra. Carla Tavares; O Capitão PM Santiago, responsável pela 3ª Companhia do 32º Batalhão da Polícia Militar; O vereador Derlan, representando o Presidente da Câmara Municipal, Alzenir Pereira Melo, além dos vereadores Ademir Mendes e Robson Gomes; Dra. Lenise Pedrosa, Subsecretária de Saúde de Atenção básica. A Sra. Marilen da Costa Braga, Gerente Administrativa da Unidade; Dr. Edilberto Castilho da Veiga, Diretor do CAPS; A Secretária Municipal de Saúde Dra. Ana Cristina Guerrieri e o Prefeito Sabino.

O CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) é uma unidade especializada em Saúde Mental para tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno mental. O Centro conta com equipe multidisciplinar, formada por médico, assistente social, nutricionista, psicólogo, enfermeiro e técnico de enfermagem. A unidade atende a uma média de 380 pacientes, que, além das consultas de saúde, participam de oficinas terapêuticas, visando melhorar sua qualidade de vida e sua relação com a família e a sociedade. Eles também recebem refeições e medicamentos. No total, 739 pessoas estão cadastradas no Caps.

O CAPS foi inaugurado em 18 de maio de 2007 dia em que se comemora a luta  Antimanicomial é um serviço de saúde aberta e faz parte das estratégias do Sistema Único de Saúde- SUS para atendimento em saúde mental e parte do movimento de reforma Psiquiátrica para a melhoria da assistência psiquiátrica no Brasil através da não exclusão de sofrimento mental da sociedade.
 
 A nova sede é mais ampla, com boa área externa, mais adequada ao acolhimento dos pacientes de Saúde Mental e seus familiares e ao trabalho dos profissionais.
 A unidade conta com salas amplas para as consultas de saúde e para realização das oficinas terapêuticas. Além disso, a instalação possui uma grande área externa para realização de atividades ao ar livre e eventos de integração.

Em seu discurso o psiquiatra Edilberto Castilho, diretor clínico do CAPS, lembrou a importância do Centro como uma alternativa às hospitalizações das pessoas com transtornos mentais:
 “Estamos vivendo um momento histórico no País, de inclusão desses pacientes. É preciso compreender a diferença, com respeito e tolerância. A doença é difícil, mas o mais perverso é o preconceito”, pontuou o Dr. Castilho.

A Dra. Ana Cristina num discurso emocionado fez um apelo à população:

“É preciso que a sociedade acolha os pacientes de Saúde Mental como seres humanos que precisam de ajuda, como todos nós. Vocês não imaginam o quanto é importante para eles essa integração. Nossos pacientes precisam e merecem todo esse carinho que recebem aqui da equipe do CAPS”. falou a secretária de Saúde, Ana Cristina Guerrieri.

De Olho em Rio das Ostras perguntou a Secretária quais as vantagens que essa mudança trará para os pacientes:

Em seu discurso o Prefeito Sabino falou das dificuldades que o governo municipal vem enfrentando com a queda da arrecadação o que resultou perda entre o ano passado e o ano em curso em torno de 150 milhões de reais da sua arrecadação, além da dívida assumida na administração anterior com relação à PPP compromisso herdado pelo o atual Prefeito que vai até 2027. Mas nem isso o impede de continuar priorizando a Saúde e a  Educação acompanhando o grande crescimento populacional e as demandas do Município:
 “Mesmo com as dificuldades estamos ampliando a rede de saúde. Pelo menos novas 16 unidades serão inauguradas, como a UPA 24 horas. Entre os investimentos também estão novas instalações de Saúde Mental”, disse o prefeito, referindo-se à Residência Terapêutica, que vai abrigar os pacientes que deixam os hospitais psiquiátricos, e o CAPS AD, para atendimento a dependentes de álcool e outras drogas.

De Olho em Rio das Ostras conversou com o Prefeito Sabino sobre a mudança do CAPS: 


                                                           Clique aqui e veja mais fotos do evento


Nenhum comentário:

Postar um comentário